Notícias do Movimento Espírita

Araçatuba, SP, sábado, 10 de março de 2012

Compiladas por Ismael Gobbo

Agradecemos àqueles que gentilmente repassam este email

em suas listas de contatos

 

 

 

 

Nota 1

Recomendamos confirmar junto aos organizadores os eventos aqui divulgados. Podem ocorrer cancelamentos ou mudanças que nem sempre chegam ao nosso conhecimento.

 

 

 

 

Nota 2

 

Este email é uma forma alternativa de divulgação de noticias, eventos, entrevistas e artigos espíritas. Recebemos as informações de fontes  diversas e fazemos o repasse aos destinatários de nossa lista de contatos. Trabalhamos com a expectativa de que as informações que nos chegam sejam absolutamente espíritas na forma como preconiza o codificador do Espiritismo, Allan Kardec.  Pedimos aos nossos diletos colaboradores que façam uma análise criteriosa e só nos remetam para divulgação matérias genuinamente espíritas. (Ismael Gobbo)

   

 

 

 

 

Atenção

 

Se você tiver dificuldades em abrir o arquivo, recebê-lo incompleto ou cortado e fotos que não abrem, clique aqui: http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/MARCO/10-03--2012.htm

 

 

 

 

 

O Oração de São Francisco de Assis na voz de

Paula Zamp

 

Ouça: http://www.youtube.com/watch?v=hLN9Xyl0Igw&feature=related

 

 

 

 

 

 

Médiuns, mitos, imagens e... Divaldo (ou o inverso?)

 

Wilson Garcia

Recife, PE

 

No tempo das imagens dominantes, os heróis são midiáticos, ligeiros, temporais. Por isso, quando estamos diante de heróis míticos, não midiáticos, que receberam o convite, enfrentaram as provas e retornaram ao ambiente para praticar a coragem, ficamos confusos.

Eles se misturam, os midiáticos e os heróis, e apesar da predominância dos midiáticos em número e em profusão, difícil é localizar os heróis, e mais desafiador ainda é compreender o herói, na sua dupla realidade de mito e ser humano.

Vamos, pois, fazer uma viagem.

Havia grande expectativa no ar naquela tarde de domingo. Todas as providências para que a quantidade de pessoas não extrapolasse o número de lugares do auditório Bezerra de Menezes foram severamente tomadas. Por onde passava, o orador atraía muita gente e, portanto, justificava as medidas tomadas.

Divaldo chegou na hora marcada, assumiu a tribuna e fez uma alegre palestra, em lugar das famosas oratórias. Melhor dizendo, substituiu os monólogos arrebatadores por um diálogo vivo.

Os temores cessaram – nem público excessivo, apenas dirigentes convidados; nem temas genéricos, mas assuntos pontuais, do dia-a-dia dos centros espíritas. Uma troca, no melhor estilo proposto por Herculano Pires.

Pela primeira vez, vi Divaldo descontraído, em público. Um humor agradável entremeou sua fala de experiências e fatos. Ouviu, expôs, respondeu durante duas horas que pareceram minutos. Era 1972 e o local, a Federação Espírita do Estado de São Paulo, na antiga sede da Rua Maria Paula.

Depois disso, esbarramo-nos, aqui e ali, vezes inúmeras.

Seis anos mais tarde, uma entrevista.

Descemos do carro, de retorno do Aeroporto de Congonhas onde fui com o Miguel buscá-lo, por volta das 10 horas da manhã. Divaldo, atrasado por culpa do voo, pediu alguns minutos mais para se banhar.

A espaçosa sala da residência do Miguel de Jesus em Santo André reunia, além do casal anfitrião, eu, Raymundo Espelho e Wilson Francisco. A amenidade das conversas ajudou a passar o tempo, mas não aplacou a ansiedade pelos compromissos que nos esperavam ainda, naquele dia.

Pouco mais de trinta minutos depois, Divaldo surgiu no ambiente com toda a tranquilidade baiana, caminhou em nossa direção e sem mais rodeios afirmou:

– Cairbar Schutel está me dizendo que apoia ao trabalho de vocês. Ele tem muito interesse no progresso do Correio Fraterno do ABC e da editora. Diz que tudo vai dar certo.

Surpreendeu-me, não a revelação, mas o fato de vir pela boca do Divaldo Franco. Alguns meses antes, tínhamos recebido a mesma informação, também de modo espontâneo, por outro médium e, curiosamente, então, estávamos ao lado do leito de um dos nossos companheiros, ali presente, que convalescia de uma doença. Sentado e conversando, de repente o médium-visitante silencia, seu olhar se dirige a um ponto qualquer do quarto e ele informa:

– Tem um espírito aqui dizendo que o trabalho de vocês vai dar certo e que devem seguir em frente com confiança.

Espíritos e médiuns diferentes, afirmações semelhantes.

Gravadores ligados, iniciamos a entrevista com a franqueza combinada e aceita pelo tribuno.

– Divaldo, reclamam muito que seu texto mediúnico é difícil de entender, você concorda?

– Herculano Pires apontou plágios seus, como responde a isso?

– Dizem que você faz suas oratórias públicas mediunizado, é verdade?

– Qual é a sua opinião sobre Roustaing e o corpo fluídico?

As questões seguiram por esse caminho pontuado de conflitos e temas mais gerais. Divaldo respondeu uma por uma as perguntas, sem nunca se alterar, mesmo quando os assuntos resvalavam para os aspectos morais ou pessoais, ou diziam respeito a temas doutrinários controversos.

É difícil entrevistar Divaldo e arrancar dele respostas em linguagem coloquial. Pior ainda é ler entrevistas de Divaldo com perguntas prontas e respostas dadas por escrito. A linguagem aí costuma reproduzir o tom extremamente formal do indivíduo preocupado muito mais em ser cuidadoso que objetivo e espontâneo. Jornalista não gosta disso, não.

Nas duas ocasiões citadas, Divaldo esteve menos preso, por isso, mais leve.

Em 1986, Divaldo é o orador da cerimônia de abertura do IX Congresso Brasileiro de Jornalistas e Escritores Espíritas. Combinamos com ele, dois anos antes, a data e o tema. E mantivemos contato permanente, até o evento.

O auditório do Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, está  repleto. Divaldo chega acompanhado de Miguel de Jesus e se junta a mim e ao Francisco Thiesen, então presidente da FEB, para um café.

Noto um Divaldo preocupado, que não demora a revelar sua estranheza com o tema da palestra. Diz ter preparado outro assunto.

– O tema foi objeto de nossas correspondências – digo-lhe, na tentativa de fazê-lo recordar-se. – Fique, no entanto, à vontade – tranquilizo-o.

Ao assumir a tribuna, Divaldo utiliza apenas os primeiros quinze minutos para tratar do tema anunciado: a figura admirável de Cairbar Schutel. A memória não o levou mais longe. Em seguida, passa, em seu estilo eloquente, ao assunto para o qual se havia preparado.

Tempos depois, revejo-o em São José do Rio Preto, no Entrade, Encontro de Trabalhadores e Dirigentes Espíritas promovido pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes, uma instituição sem vínculos federativos.

Divaldo se encanta com um jovem palestrante que o antecede e confidencia-me:

– Como ele é tranquilo ao falar em público. Acho admirável isso, eu não consigo ser assim.

Surpresas?

Todo ser humano tem duas faces visíveis: a da realidade, um pouco mais restrita, e a da imagem, mais desafiadora. A primeira, acessível a poucos, a segunda, escondendo mais do que mostrando, ao contrário do que muitos imaginam.

É impossível evitar a construção do mito naqueles que alcançam projeção social por seus feitos e tão impossível quanto compreender o cotidiano do homem mitificado através apenas de sua imagem.

Os mitos midiáticos são diferentes; nascem sem raízes.

Aécio, amigo de juventude e quase materialista, interpelou-me, certa vez, em tom crítico, sobre a rotulação excessiva do médium Chico Xavier. Referia-se ao mito em construção, mas estava incomodado com a imagem.

Os espinhos da realidade, por entre os quais todos, muito ou pouco, caminham, parecem ferir menos quando dialogamos com o mito ou com a imagem, pois mito e imagem, por sua natureza, distanciam-nos momentaneamente da realidade para nos acomodar no terreno do sonho, das expectativas e das possibilidades.

O homem se faz médium; os homens constroem o mito. A vida os acolhe.

Divaldo Pereira Franco em Bauru, SP, na década de 1980, no Ginásio de Esportes do SESC.

Foto recebida de Leopoldo Zanardi

Divaldo falando na XI Comesp- Confraternização de Mocidades Espíritas  

do Paraná, em Ponta Grossa,  no ano de 1969. Foto: Feparana

 

 

 

 

 

Registro. Palestras com Haroldo Dutra Dias

Reino Unido e Irlanda

 

(Informações em email de Elsa Rossi [elsarossikardec@gmail.com])

 

 

 

 

XIV Conferencia Estadual Espirita

Pinhais, PR

 

 

Caso não esteja visualizando este e-mail corretamente, acesse: www.conferenciaespirita.com.br

DIA - 16/03 Sexta-Feira

20h / 20h30

Plinio Oliveira
"Canções para aquecer o coração" com Quinteto de Cordas e sopro

20h30

Divaldo P. Franco
Abertura: O Messias e a Era Nova

DIA - 17/03 Sábado

9h / 10h

Sandra Della Pola
Seminário: Transição Planetária : Por que te deténs?

10h / 10h30

INTERVALO

10h30 / 12h

Haroldo Dutra Dias
Conferência: Alvorada Cristã e a Transição Planetária - Profecias Bíblicas e o Mundo de Regeneração

12h / 14h

ALMOÇO

14h / 15h

Suely Caldas Schubert
Conferência: Espiritismo, uma nova era para a humanidade

15h / 15h30

INTERVALO

15h30 / 16h30

Sandra Borba Pereira
Seminário: O papel libertador da educação no processo de Transição Planetária

16h30 / 17h

INTERVALO

17h / 18h30

Divaldo P. Franco
Seminário: Transição Planetária

18h30 / 20h

JANTAR

20h / 20h30

Coral do Centro Espírita Ildefonso Correia

20h30

Alberto Almeida
Conferência: Transição Planetária - Você em suas mãos!

DIA - 18/03 Domingo

8h45 / 9h45

Sandra Della Pola
Conferência: Até o fim dos tempos

9h45 / 10h

INTERVALO

10h / 11h

Haroldo Dutra Dias
Conferência: A Terra da Promissão - A Canaã Prometida.

11h / 12h

Alberto Almeida
Seminário: Um Jeito "Novo" de Amar, para novos Tempos.

12h / 13h30

ALMOÇO

13h30 / 14h30

Sandra Borba Pereira
Seminário: A contribuição do Espiritismo no processo de Transição Planetária

14h30 / 16h30

Divaldo P. Franco, Sandra Borba Pereira, Alberto Almeida,
Haroldo Dutra Dias, Sandra Della Pola e Suely Caldas Schubert

Painel - Perguntas e respostas

 

(Informações recebidas em email de eventosespiritas@grupos.com.br; em nome de; ABRADE [abrade@abrade.com.br])

 

Ficheiro:Pinhais Estação Rodoviária.jpg

Antiga estação ferroviária de “Pinhaes”.

Imagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Pinhais_Esta%C3%A7%C3%A3o_Rodovi%C3%A1ria.jpg

 

 

 

 

 

Seminário: “Amor, drogas e família” no C.E. Cairbar Schutel

Guarulhos, SP

 

(Informação recebida em email de Regina Bachega)

 

 

 

 

 

Palestra com o orador Dr. Celso Vital no C.E. “Amor e Luz”

Santo Antônio do Aracanguá, SP

 

 

Dia            17 de março de 2012

Hora         19:30

Local        Centro Espirita "Amor e Luz"

Cidade      Santo Antônio do Aracanguá - SP

Tema        2012: Uma reflexão sobre a profecia Maia e a obra de Chico Xavier "Não será em 2012".

Orador      Celso Vital - advogado, delegado de policia aposentado, professor universitário - Trabalhador do Centro Espirita "Amor e Caridade"

dona Linda - Birigui

 

(Informação em email de Celso Vital)

 

 

 

 

 

Convite aos Médicos para criação da

Associação Médica Espírita do Vale do Paraíba. Taubaté, SP

 

Convite aos Senhores Médicos. 

Convidamos os médicos espíritas para participarem da reunião de fundação da AME Vale (Associação Médica Espírita do Vale do Paraíba), que será realizada no dia 15 de março de 2012, às 20 horas, sala 25 – 2º andar, no Centro Espírita “União e Caridade”, localizado à Rua Dr. Souza Alves, nº 142 – Centro – Taubaté.  

A AME Vale é uma organização civil sem fins econômicos e lucrativos, de cunho religioso, científico, cultural, beneficente, que tem por finalidade a vivência e a divulgação da Doutrina Espírita com base nos princípios codificados por Allan Kardec.

Seguem anexos:

- o estatuto de fundação da AME Vale e

- uma matéria publicada no jornal Diário de Taubaté sobre a criação da AME Vale.

 Caso queiram mais informações, por favor, entrem em contato com Dr. Alexandre Serafim pelo telefone (12) 7812-4740 ou e-mail: dr.serafim@uol.com.br 

 Obrigada a todos pela atenção,

 Ana Cristina

(12) 9117-3620

(Informação da Use Taubaté repassada em email por Regina Bachega)

 

Obs: O nosso sistema de envio de emails não permite anexos. Solicitar os anexos no endereço    acima.  Ismael Gobbo

 

 

 

 

 

 

Inscrições para os Grupos de Estudo do Espiritismo da S.E.E.V.

Pelotas, RS

 

Divulgação de curso gratuito:

 

Estão abertas as inscrições para os Grupos de Estudo de Espiritismo da Sociedade de Estudos Espíritas Vida. Os interessados podem se inscrever na sede da Sociedade ou na Livraria Nova Era, Galeria Zabaleta, loja 32. Na inscrição o interessado deverá optar pelo grupo de terça-feira, 20 h, ou de sábado, 14 h. Os  cursos iniciarão em 20/3(grupo de terça-feira) e 24/3(sábado). Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (53)3225-9694.

(Informação recebida em email de eduardoborn@gmail.com; em nome de; Soc Est Espiritas Vida [sociedadevida@gmail.com])

 

Site: http://www.sociedadevida.org/

 

 

 

 

 

 

Informativo Semanal Seara do Mestre

São Paulo, SP

 

 

 

AVISOS

 

Neste sábado, participe de nossa CAMPANHA DE FRATERNIDADE AUTA DE SOUZA, saída do Seara às 12h30.

 

A MESME (Mocidade Espírita Seara do Mestre) está de volta com reuniões aos sábados as 17hs. Participe e descubra que espiritismo e juventude tem tudo a ver!!!!!

 

O AMORART também retornou aos domingos 16hs. Venha participar!!! Não há limite de idade e além de atores precisamos de toda a equipe de apoio (som, iluminação, produção, figurino, etc...) Libere o artista que há em você!!!!



--

 Centro Espírita Seara do Mestre
R. Carlos Roberto Cavanhas, 392 - V. Rubi
São Paulo - SP
04823-120

 

(Informação recebida em email de Seara do Mestre [searadomestre@gmail.com])

 

 

 

 

Programação das Palestras de Março de 2012 do

Centro Espírita Semeadura de Jesus. Guarulhos, SP

 

(Informação recebida em email de Edson Hamazaki)

 

 

Olá, Amigos!

Abaixo a programação das palestras de Março/2012

do Centro Espírita Semeradura de Jesus

 

Esperamos por vocês!

 

Grande Abraço

Edson

 

CENTRO ESPÍRITA SEMEADURA DE JESUS

Rua Alexandre de Oliveira Calmon, 192   -   Guarulhos  (SP)    

Próximo ao Colégio Agnus Dei (Antigo 9 de Julho) na Av. Salgado Filho (Descendo a Rua da Escola é a 1ª esquina do lado esquerdo)

PROGRAMAÇÃO DE PALESTRAS – MARÇO/2012

( Horário das Palestras: 20h00min)

Data

Palestrante

Tema

05/03/12

José Roberto de Souza

Justiça das Aflições

12/03/12

Sidnei Carvalho

A Parábola dos Talentos

19/03/12

Grupo Vocal Reencontro

Pedi e Obtereis

26/03/12

Aldeniz Leite da Silva

O Maior Sacrifício de Jesus

Todas as Sextas-feiras das 19:45 às 21:30 horas                                       

Grupos de Estudo da Doutrina Espírita                      

O Livro dos Espíritos / O Evangelho Segundo o Espiritismo / O Livro dos Médiuns,                 além da Infância e Mocidade Espírita.

                                        Todos são BEM-VINDOS!!                                                                         

Não é necessária inscrição, basta comparecer.

 

 

 

 

Coisas do Além – É possível entrar em contato com os Espíritos?

 
Como explicar fatos da ciência espírita ao mundo materialista de hoje? Nosso amigo Jefferson Betarello , Mestre de Ciência da Religião pela PUC, esclarece alguns pontos da Doutrina espírita no programa do SBT.

http://www.youtube.com/watch?v=mumgNwhetHo&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=CxlSHys1_ig&feature=relmfu

 

(Informação em email de Magali Bischoff)

 

 

 

 

Curso de Gestão no Centro Espírita em

Bauru, SP

 

Olá Amigos!

Muita Paz!

Este ano, no dia 17/3, estaremos iniciando mais uma turma do Curso de Gestão no Centro Espírita.

Estamos convidando-o para participar desta promoção da USE Em anexo, material informativo.

Abraços Fraternos

Eduardo Pereira

Equipe de Coordenação

3203-2007 ou 9731-3667 (vivo) email: edupereira21@gmail.com

ou USE/Bauru-SP

3227-0770

 

 

OS DIRIGENTES E TRABALHADORES DO SEU

CENTRO ESPÍRITA FICARÃO DE FORA ?

 

Tempos de Mudanças

 

Novos tempos têm exigido novas posturas, ampliação da visão macro para os acontecimentos modernos principalmente aqueles relacionados com o planejamento.
A Federação Espírita Brasileira sentindo a necessidade de colocar algo que auxiliasse a administração dos dirigentes espíritas, lançou no Plano de Trabalho para o Movimento Espírita Brasileiro 2007-2012, a Capacitação do Trabalhador Espírita.

Trata-se de uma ação que visa fornecer ferramentas de Gestão, ante o diagnóstico  constatado nas Instituições Espíritas onde a administração do passado não está apropriada para os dias atuais, e tem como objetivo geral, propiciar o desenvolvimento de competências do dirigente do Centro Espírita para melhorar a qualidade do seu desempenho atual.

O Curso está direcionado para os atuais dirigentes, potenciais coordenadores e lideranças das instituições, onde cada Casa poderá ter a reserva de  duas inscrições.

As inscrições poderão ser feitas na USE, sito à rua Virgílio Malta, 7-60 – Bauru –SP fone 3227-0770 – e-mail usebauru@terra.com.br.

Com este trabalho a USE Intermunicipal Bauru vence mais uma etapa, colocando-se junto às Casas Espíritas no aprimoramento das técnicas de gestão.

DATAS DAS REUNIÕES PRESENCIAIS – Sempre das 13:30 às 18:00 hs.

Mês

Data

Horário

01

Março

17

Caderno Introdutório

02

Março

31

Caderno 1 - Movimento espírita e unificação

03

Abril

14

Caderno 2 - gestão doutrinária

04

Abril

28

Caderno 3 - gestão administrativa

05

Maio

19

caderno 4- gestão estratégica

06

Junho

16

caderno 5 - gestão de qualidade

07

Junho

30

Caderno 6 – gestão do tempo

08

Julho

28

Caderno 7 – gestão de pessoas

09

Agosto

18

Caderno 8 – gestão de ensino

10

Setembro

15

Caderno 9 – gestão de resultados

11

Outubro

06

Caderno 10 – gestão de marketing

12

Outubro

27

Encerramento do curso

 

    União Intermunicipal Espírita de Bauru                            

 

(Informação recebida em email de Eduardo Pereira [edupereira21@gmail.com])

 

 

 

 

Seminário "Os Desafios do Comportamento Humano na Atualidade" na UNILUZ com Ney Prieto Peres. Recife, PE


Queridos amigos,
Convidamos todos para participarem conosco do Seminário "Os Desafios do Comportamento Humano na Atualidade" na UNILUZ com Ney Prieto Peres, autor do livro Manual Prático do Espírita. Será realizado no auditório da UNILUZ, no dia 10/03/2012, sábado,  das 14:00 às 17:00 h. Entrada gratuita.
Ficaremos felizes com a presença de todos!
 
Muita paz
Severino Gonçalves 
União Espírita Caminho da Luz - UNILUZ
Rua  Sá e Souza, 1415, Boa Viagem
Recife-PE CEP - 51.130-030
Fone: (81) 3462.3847
VISITE e DIVULGUE A NOSSA HOME PAGE: www.uniluzpe.org.br 

 

(Informação de Severino Gonçalves <goncalvespax@gmail.com> repassada pela eventosespiritas@grupos.com.br; em nome de; ABRADE [abrade@abrade.com.br])

 

 

 

 

Estudo sobre o Passe no C.E. André Luiz

Taubaté, SP

 

 

Rua Monsenhor Siqueira, 97 - Centro - Taubaté - SP

 

Início: 11/03/2012 - Domingo das 8:30 as 11:30 horas.

 

O Estudo será realizado de 15 em 15 dias, ou seja, Domingo sim, Domingo não.

 

Objetivo : Adquirir novos conhecimentos e Aprimoramento das Técnicas do Passe já em prática.

 

Público : Passistas que já Trabalham nas diversas Casas Espíritas e Irmãos que desejam iniciar nos conhecimentos desse Trabalho de Ajuda e Amparo aos Irmãos necessitados que procuram socorro para suas dores Morais e Físicas.

 

Não há necessidade de inscrição, apenas pedimos que os Irmãos que pretendam estudar conosco, que assumam o compromisso evitando o não comparecimento, para melhor aproveitamento dos estudos.

 

OBRIGADO

 

CENTRO ESPÍRITA ANDRÉ LUIZ - TAUBATÉ - SP

MARIO SERGE

CELULAR         (12) 9782.2322
ESCRITORIO    (12) 3632.4846

RESIDÊNCIA    (12) 3621.1234  

(Informação recebida em email de Comunicação Espírita Taubaté [divulgandoespiritismo@gmail.com])

 

Ficheiro:Taubateskyline.JPG

Taubaté, SP. Imagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Taubateskyline.JPG

 

 

 

 

Palestra com André Luiz Rosa no G.A.S.F.- Eurípedes Barsanulfo

São Paulo, SP

 

(Informação recebida em emailsde Andre Luiz Rosa [rosa_andre@ig.com.br] e de Otavio Cunha)

 

 

 

 

Festival de Arte Espírita

Aparecida de Goiânia, GO

 

(Informação recebida em emails de abrade@grupos.com.br; em nome de; ABRADE [abrade@abrade.com.br] e de Festival de Arte Espírita [fae.oficina@gmail.com])

 

 

 

 

Programação da Kardec Radio

Baltimore, EUA

 

www.kardecradio.com

 

 

Next talk show

March 10th @ 11am (EST)

 

Literature on Spirituality for Children

 

 Beti Rozen and Peter Hays are interviewed on their exceptional books Annabelle and A Heart Alone.

 

Beti and Peter are an amazing couple that has been writing and publishing books on spirituality for children.

Their company Sem Fronteira Press has a collection of inspirational and truly educational books that teach children the notions of love, God, friendship, reincarnation, family life, and much more.

LISTEN HERE

(to set a reminder for this show, click on the clock icon)

 

 

Missed our previous show? No problem.

 

Click here to listen to Marylin Monroe in the Afterlife

 

 

UPCOMING

TALK SHOW

 

Dr. Hernani G. Andrade & Research on Psychic Phenomena 

 

March 17th, 11am (EST)

 

 

    Join Our Mailing List!

 

Gray

 

 

 

 

 

 

Leia o Boletim da FeDF

Brasília, DF

 

Acesse:

http://www.boletimfedf.blogspot.com/2012/03/boletim-fedf-marco-2012-2-semana.html

 

 

 

 

 

Leia os boletins do Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rio de Janeiro, RJ

 

Acessar aqui:

http://www.bezerramenezes.org.br/

 

 

 

 

 

1ª. Noite da Pizza no C.E. “Chico Xavier”

Guarulhos, SP

 

 

 

 

 

Chá Fratermp à Provençal do CEHC

São Luis, MA

 

(Informação recebida em email de Otávio Franklin da Cunha Neto [otaviofranklin@gmail.com])

 

 

 

 

 

Focalizando o Trabalhador Espírita (132)

André Marouço 

 

André Marouço   

 

André, pode nos fazer sua auto apresentação?

 

Filho de Pai português e mãe mineira, Luiz de Souza Marouço e Arlete Rodrigues da Silva,  nasci aos 21 de junho de 1970, em São Paulo, capital. Tenho uma irmã, Alessandra Marouço Costa. Casado com Rosangela Alves Marouço, tenho dois filhos,  André Luis Alves Marouço e Daniela Alves Marouço.

 

Qual a sua formação acadêmica e profissional?

 

Sou formado em Marketing pela Universidade Paulista. Trabalho desde os 13 anos de idade, tendo sido Office boy, Auxiliar de Escritório. Iniciei a jornada em TV, aos 19 anos, seguindo o mesmo caminho do meu pai, que fora um Operador de Câmera. Trabalhei como Operador de Cabo no SBT, tendo ficado nesta empresa e função por 7 meses, em seguida fui para a TV Cultura, onde fiquei por 15 anos nas seguintes funções: Operador de Cabo, Assistente de Câmera, Operador de Câmera. Em 1998, trabalhei na Rede Globo como repórter Cinematográfico durante 4 meses. Em 2005 pedi demissão da TV Cultura e iniciei a carreira como produtor independente realizando vídeos institucionais, vídeos-clipes e comerciais. Ainda em setembro deste mesmo ano, após mais de 3 anos de serviços voluntários prestados para a Fundação Espírita André Luiz em seu projeto de TV, fora contratado como profissional para a implantação e gestão da Rede Mundo Maior de TV. Desde então além de ter sido sido o gestor desta unidade de negócios audiovisuais, escrevi roteiros, e dirigi programas de TV. Em 2009, ao lado do companheiro Eduardo Dubal idealizador do Projeto Mundo Maior de Cinema e Silvana Scarpino, implantamos o projeto que propiciou jovens cineastas de todo Brasil, a produção de 8 filmes de curtas metragens, com base em capítulos de O Livro dos Espíritos. O projeto culminou com a exibição em grande circuito cinematográfico do longa metragem “O Filme dos Espíritos” , da qual escrevi o roteiro e dirigi, ao lado do também diretor Michel Dubret.

 

Em que circunstâncias conheceu o Espiritismo?

 

Fui educado em colégio católico e ainda criança, desenvolvi a mediunidade na Umbanda, tendo passado ainda na adolescência pelo candomblé. Aos 16 anos de idade me afastei por completo de religião e aos 20 estava passando por um processo delicado de recuperação após um acidente automobilístico onde minha noiva saiu bastante machucada. Nesta época trabalhava na TV Cultura e um amigo, o Alberto de Freitas, companheiro de trabalho, espírita, trazia paz para aquele momento difícil da minha vida. E, na casa de sua mãe um livro colocado na estante me perseguia há anos, chamava-me a atenção, tratava de "Os Mensageiros" de André Luiz e Chico Xavier. A partir deste contato com o Alberto e os esclarecimentos dele, tomei coragem de abrir o livro. Um novo mas conhecido mundo abriu-se, procurei o Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz, onde estou até hoje.

 

Como tem sido a sua participação no movimento espirita durante esses anos?

 

Sou expositor de doutrina espírita, para os alunos do 2° ano do curso, também  realizo palestras em casas espíritas e participo de seminários nos estados de: São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Pernambuco, Minas Gerais, Ceará, Distrito Federal. Trabalho como médium nas reuniões espíritas.

 

Descreva-nos por favor a sua trajetória pelo jornalista e  no mundo do cinema.

 

Como jornalista, trabalhei fazendo coberturas jornalísticas e esportivas para a TV Cultura e para a TV Globo. O trabalho no cinema nasceu naturalmente, nascido em um lar televisivo, meu pai, Luiz de Souza Marouço, trabalhou nos maiores canais de TV do país, desde 1967. Ainda criança meu pai me levava aos estúdios da TV Tupi. Já o cinema nasceu no dia em que fui acompanhar meu pai em uma reunião sindical, este chegou muito cedo na reunião e para passar o tempo fomos até uma sala de cinema. O filme que assistiram foi "Viagem ao Centro da Terra" -  devia ter uns quatro anos -, sequer era alfabetizado,  sendo assim impossibilitado de ler as legendas. Meu pai dormiu o tempo inteiro da sessão, eu fiquei acordado totalmente hipnotizado pela magia do cinema e, dali para diante,  tornei-me cinéfilo e ansiando pelo dia em que o Senhor me permitisse trabalhar na Sétima Arte.

Em 2009, o amigo, Eduardo Dubal estava fazendo um curso de cinema na Academia Internacional de Cinema e trouxe a informação de que, jovens matriculados no curso, eram preparados quanto as técnicas artísticas e administrativas da indústria de cinema, porém estes jovens, naquele curso não eram educados quanto a importância de produzirem peças cinematográficas que dignifiquem a humanidade, assim quase sempre, seus filmes eram como que movimentos poéticos em prol do suicídio, da sexualidade desregrada, e das drogas. Assim, fora iniciado o Projeto Mundo Maior de Cinema que daria a oportunidade a jovens estudantes da sétima arte de produzirem filmes de curtas-metragens. O projeto consistia em oferecer uma verba, equipamentos e recursos humanos para estes jovens filmarem seus curtas, desde que estes curtas explicassem em formato de ficção 8 capítulos de O Livro dos Espíritos. A próxima etapa do projeto seria reunir estes curtas em uma nova trama, um novo roteiro para um novo filme, nasceu assim O Filme dos Espíritos.

 

Quais os filmes que produziu e dirigiu?

 

Para cinema “O Filme dos Espíritos”, porém em TV , produzimos vários programas e documentários, por exemplo, o documentário “A Riqueza do Lixo” (TV Cultura – Consulado Norte Americano), trabalhei neste documentário como Diretor de Fotografia, documentário filmado nos EUA. Destaco ainda, o trabalho de direção de fotografia para o documentário “A Cidade e a Criança” (TV Cultura – Alfabetização Solidária), filmado em várias cidades brasileiras que se destacaram na formação da educação e da cultura de crianças carentes.

 

Pode nos historiar a sua obra cinematográfica  “O Filme dos Espíritos”?

 

O roteiro do longa começou a ser escrito, no final de 2009. Foram feitos 13 tratamentos até que o roteiro estivesse pronto para as filmagens, além do roteirista principal, fora feito a análise do roteiro pela roteirista e cineasta Gabriela Amaral, e em reuniões mensais, os cineastas Michel Dubret, Eduardo Dubal e Briza Menezes auxiliaram nos tratamentos do roteiro até chegar ao roteiro final. Em 18 de abril de 2010 foram iniciadas as filmagens do longa, foram 30 dias intensos. Nossos recursos eram escassos, a produção não poderia sonhar em estourar o orçamento. Em junho, julho e agosto montamos o filme e fomos em busca de uma distribuidora que o levasse as telas cinematográficas. Três distribuidoras negaram a distribuição, porém a Paris Filmes, não apenas aceitou levá-lo ao cinema, como também investiu recursos para a finalização do filme. Estação Luz de Fortaleza-CE, também investiu recursos de finalização. Dessa forma, entre os meses de fevereiro e junho de 2011 o filme foi finalizado e em julho iniciou-se a promoção do longa que chegou nos cinemas no dia 07-10-2011.

 

André foi difícil a montagem de “O Filme dos Espíritos” a partir de outros curtas?

 

Sim, foi bastante difícil encaixar os curtas em um longa, curvas dramáticas precisaram ser criadas para tanto. Por outro lado, por ter se tratado de um filme de baixo orçamento, as vezes os montadores Eduardo Dubal e Mirella Alves não dispunham de muitas opções para cada sequência, aliás, existiram sequências em que havia apenas uma única tomada de câmera.

 

O Filme dos Espíritos teve o sucesso que esperava?

 

Sim,  foi o primeiro filme de temática espírita que não contou com verba de promoção no principal veículo de comunicações do país, por outro lado, todo o mix de marketing e distribuição contou com escassas verbas para tanto e, assim, fora optado pelo marketing de guerrilha, alguns recursos foram locados em marketing viral (WEB), as redes sociais foram utilizadas e foram realizadas palestras em grandes Centros Espíritas de grandes centros urbanos brasileiros. Além disso, o filme recebeu o apoio da imprensa espírita, e pelo movimento espírita Brasileiro, pois pela primeira vez no cinema nacional, parte dos recursos foram revertidos para uma obra social:  a construção dos novos ambulatórios das Casas André Luiz. Dessa forma, por se tratar de um filme de baixo orçamento, atingir 320 mil expectadores, parece ser uma grande vitória.

 

Pode nos fornecer o balanço geral do custo de produção, público e critica?

 

O filme, desde sua idéia ainda no projeto de curtas, até chegar aos cinemas, custou algo em torno de 1,1 milhão de reais, atingiu 320 mil de público, tendo sido o filme brasileiro mais assistido durante as três primeiras semanas de cartaz. As mensagens que nos chegaram através de e-mails, telefones, e posts no Facebook, mostraram a ampla empatia dos expectadores para com o filme. Quanto aos críticos, estes, em geral, parecem não ter gostado muito da obra, mas cabe aqui o sábio dito popular “A voz do povo é a voz de Deus”, e deve-se aprender com as críticas para o aprimoramento dos próximos filmes.

 

Quais os passos futuros para o filme?

 

O filme estreou em dezembro nas vídeo locadoras de todo país, devendo chegar em abril nas lojas para venda direta ao público consumidor, lembrando que parte da renda será revertida para as obras sociais das Casas André Luiz e para a divulgação do Espiritismo nos projetos da Fundação Espírita André Luiz.

Ainda este ano , teremos a estréia do filme em algum canal fechado de TV, e a carreira em salas de cinema do exterior. Esperamos levá-lo para o maior número de países, já que fora legendado em: Francês, inglês e espanhol.

 

Como foi a participação de “O Filme dos Espíritos” na 1ª. Mostra de filmes Espiritas e Espiritualistas lusófonos em Londres?

 

Quem nos dá a resposta é nossa amiga Elsa Rossi, uma das organizadoras do importante evento em Londres: “Foram dias de muita alegria, novidades, livros, pessoas que nunca tiveram contato com a Doutrina e vieram pela primeira vez por causa dos filmes FREE, sem custo, dentro da Universidade. O cinema Hitchcock estava lotado, capacidade para 45 lugares, para o “Filme dos Espíritos”, mais duas cadeiras na porta, Janet e Else. Uma maravilha, emoção a toda prova. Quero vê-lo novamente, uma benção. Aceitação plena de todos, o debate foi excelente, perguntas foram geradas a partir do Filme.  Janet e eu mesma respondemos as questões para os que ficaram após a apresentação do filme”

 

Tem algum projeto em andamento?

 

Além de estar envolvido na ampliação da Rede Mundo Maior de TV, produzindo cada vez mais conteúdo e com mais qualidade, eu pessoalmente, através de minha produtora a Mar Revolto Produções, estou debruçado em levar as telas de cinema, no ano de 2013, o filme “Paulo e Madalena”, película que faz uma alusão aos dois personagens bíblicos, porém,  se trata de dois personagens do século XXI, ele um justiceiro e ela uma garota de programa, ao longo da trama, espiritualidade e superação vão reconduzindo-os para a reforma íntima. Outro projeto pessoal é a minissérie para TV, O Aparelho, trata-se de uma série policial onde um médium é responsável em ajudar a polícia na resolução de crimes, além  disso a série chama a atenção para importância da comunicação de princípios espiritualistas e educativos nos veículos midiáticos.

 

André, sendo Allan Kardec a figura máxima do Espiritismo e o artífice de uma das maiores obras filosóficas da humanidade, não caberia uma produção hollywoodiana  destacando a sua vida e a sua obra?

 

Certamente que a Meca do  cinema mundial, pelo seu tamanho e pelos recursos financeiros e humanos que dispõe, pode fazer uma grande cinebiografia deste extraordinário pensador e seguidor do Cristo que foi Allan Kardec. Temos para nós que no tempo certo isso ocorrerá, ou quem sabe, o cinema brasileiro possa crescer em quantidade, qualidade e recursos de forma a sair daqui esta grande homenagem.

 

 

As suas despedidas aos nossos leitores

 

Agradecemos mais uma vez a este importante veículo de comunicação, e deixamos aqui o nosso abraço com votos de paz e luz a todos os nossos amigos leitores.

 

André Marouço em tenra idade e no colo

André Marouço com a esposa Rosângela  e os filhos André Luis e Daniela

O ator Nelson Xavier, Michel Dubret, André Marouço  e Reinaldo

O presidente das Casas André Luiz,  Armando Scarpino,  e a sua esposa Silvana Scarpino, Diretora de Comunicação e Marketing das Casas André Luiz e, também,  produtora executiva de "O Filme dos Espíritos'.

 

Cena de “O Filme dos Espíritos”

com o ator Reinaldo Rodrigues

A atriz Luciana Gimenez que atuou em O Filme dos Espíritos ladeada pelo maestro  Corciolli  e André Marouço na pré-estréia em São Paulo

André Luiz Ruiz, da TV Alvorada de Campinas, SP, entrevista André Marouço

Público chegando para a exibição de O Filme dos Espíritos na 1ª. mostra de filmes espíritas e espiritualistas em Londres, Reino Unido, realizada de 21 a 25/2/2012

O diretor André Marouço, na extrema esquerda,  com  elenco de O Filme dos Espíritos na pré-estréia em São Paulo

Cena das Casas “André Luiz”  em “O Filme dos Espíritos”

Cena das Casas “André Luiz”  em “O Filme dos Espíritos”

 

Parte da renda do DVD BluRay será revertida para a construção dos novos ambulatórios das Casas “André Luiz”. Visite o site da campanha  "Eu ajudo a Construir"

http://www.euajudoaconstruir.org.br/index_01.php

 

OBS: AS FOTOS Desta entrevista só PODERÃO SER UTILIZADAS EM OUTRAS PUBLICAÇÕES MEDIANTE AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO entrevistadO.

 

 

 

 

 

 Nota: Todas as notícias deste e de emails anteriores estão postadas no blog: http://ismaelgobbo.blogspot.com

 

 

 

 

 

Em absoluto respeito à sua privacidade, caso não mais queira receber este boletim de notícias do movimento espírita, envie-nos um email solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso endereço: igobi@uol.com.br

 

 

 

 

 

Editoração e envio:

Ismael Gobbo, Araçatuba, SP

Gislaine Pascoal Yokomizo e Leonardo Yokomizo, Jacareí, SP