Notícias do Movimento Espírita

Araçatuba, SP, quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Compiladas por Ismael Gobbo

Agradecemos àqueles que gentilmente repassam este email

em suas listas de contatos

 

 

 

 

Nota 1

Recomendamos confirmar junto aos organizadores os eventos aqui divulgados. Podem ocorrer cancelamentos ou mudanças que nem sempre chegam ao nosso conhecimento.

 

 

 

 

Nota 2

 

Este email é uma forma alternativa de divulgação de noticias, eventos, entrevistas e artigos espíritas. Recebemos as informações de fontes  diversas e fazemos o repasse aos destinatários de nossa lista de contatos. Trabalhamos com a expectativa de que as informações que nos chegam sejam absolutamente espíritas na forma como preconiza o codificador do Espiritismo, Allan Kardec.  Pedimos aos nossos diletos colaboradores que façam uma análise criteriosa e só nos remetam para divulgação matérias genuinamente espíritas. (Ismael Gobbo)

   

 

 

 

 

 

Atenção

 

Se você tiver dificuldades em abrir o arquivo, recebê-lo incompleto ou cortado e fotos que não abrem, clique aqui: http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JANEIRO/19-01-2012.htm

 

 

 

 

 

 

A convivência com Divaldo em Araçatuba

                                                                                                    Antonio Cesar Perri de Carvalho

 

 

Conhecemos Divaldo Pereira Franco por ocasião de sua palestra na XV Concentração de Mocidades Espíritas do Brasil Central e Estado de São Paulo (COMBESP), efetivada em abril de 1962, em Araçatuba (SP). Na oportunidade, ele também visitou a Instituição “Nosso Lar”, na época recém fundada por familiares nossos. Nos anos imediatos, encontramo-nos em palestras na I Confraternização de Mocidades e Juventudes Espíritas do Brasil (COMJEB), realizada em abril de 1965, em Marília (SP). Inclusive temos livro com autógrafo desta última oportunidade; no C.E. Bezerra de Menezes (Araçatuba) – coincidentemente dia de nosso aniversário, em 1965 -, e na cidade de Lins. Seguiram-se outros encontros: em eventos jovens, como a 1ª. COMJESP (Ribeirão Preto, 1967), palestras em cidades do interior paulista, e em Araçatuba (1970). À essa época, já mantínhamos correspondência com Divaldo e recebíamos os folhetos impressos pela Mansão do Caminho contendo mensagens psicografadas.

A partir desse período, Divaldo foi nosso convidado para participação em vários eventos do movimento espírita de Araçatuba, a 16ª. COMENOESP (1973), Semanas e Mês Espírita. Desde 1972 passamos a organizar os roteiros de Divaldo pela região de Araçatuba, incluindo palestras desde Penápolis até a então nova cidade de Ilha Solteira, e, numa das vezes, chegando a Três Lagoas (MT). Essa atuação era feita porque além de amigo do conferencista, entre 1971 e 1986 éramos dirigente do órgão da USE local (UMEA e UNIMEA). Divaldo passou a ser hóspede de nossa genitora – Bebé – e nosso também, após nosso casamento. Durante 30 anos juntamente com nossa genitora, fomos anfitriães de Divaldo. Minha esposa Célia e a genitora Bebé sempre se esmeraram na recepção ao Divaldo e visitantes. Nossos filhos nasceram e cresceram acostumados com a visita do “tio”. Foram momentos proveitosos, alegres e fraternos, estes em que Divaldo tinha disponibilidade de atender à região. Nos dois lares citados sempre havia uma refeição com convites para os dirigentes e amigos da cidade, reunindo grande número de participantes e bate-papos informais.

Outro fato é que, em várias visitas de Divaldo, houve momento de prece conjunta em nossos lares – também com presença de convidados -, momentos em que o médium psicografou mensagens de Benedita Fernandes e de nosso tio Lourival Perri Chefaly. Nossos livros “Dama da Caridade” (1982) e “Em Louvor à Vida” (em parceria com Divaldo, edição LEAL, 1987) incluem algumas destas psicografias. Outra obra que surgiu desse período foi “Repositórios de Sabedoria” (Vol. I e II, edição LEAL, 1980), coletânea de pensamentos de Joanna de Ângelis, extraídos das primeiras obras da Autora Espiritual, e que elaboramos em forma de abecedário.

Em todas as visitas de Divaldo organizávamos alguma entrevista com os dirigentes locais e/ou com a imprensa (rádios, jornais e TV). Estas foram transformadas em publicações que fizemos nos jornais de Araçatuba, onde mantínhamos “coluna espírita”, como Tribuna da Noroeste, A Comarca e Folha da Região, e também em periódicos espíritas, como O Clarim, Revista Internacional de Espiritismo, Unificação, Anuário Espírita e Presença Espírita.

Várias dessas publicações foram reunidas em “Divaldo em Araçatuba”, coletânea que elaboramos por ocasião da solenidade em que Divaldo recebeu o título de “Cidadão Honorário” de Araçatuba, em 1984, evento que atuamos na organização juntamente com a Edilidade local.

Além das ações em Araçatuba, com freqüência estávamos presentes em eventos com Divaldo em cidades paulistas, Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Neste, em momentos de encontros conjuntos com Chico Xavier.

Com nossa mudança, por razão profissional, para a cidade de São Paulo no ano de 1989, e, mais tarde, para Brasília, Divaldo voltou a ser hospedado por nossa genitora até sua visita de 2001, ano próximo à desencarnação dela. Mesmo assim, voltávamos a Araçatuba, para acompanhar os eventos com atuação de Divaldo. A convivência com Divaldo em Araçatuba foram momentos significativos, proveitosos, de boas recordações e bem aproveitados para a difusão do Espiritismo!

 

(O autor foi um dos fundadores da Mocidade Espírita Irma Ragazzi Martins e do C.E. Luz e Fraternidade, em Araçatuba, presidente da União Municipal Espírita e da União Intermunicipal Espírita de Araçatuba, presidente da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, e é diretor do Conselho Espírita Internacional e da Federação Espírita Brasileira, onde exerce a função de secretário geral do Conselho Federativo Nacional da FEB).

 

 

Divaldo Pereira Franco

Centro Espírita “Bezerra de Menezes”

Araçatuba, SP, 1965

 

Divaldo Pereira Franco. Palestra Instituto de Educação Manoel Bento da Cruz, Araçatuba, em 1972. Na foto: César Perri, Divaldo P. Franco e Rolando Perri Cefaly

 

 

Divaldo com familiares de César Perri. Na foto: Paulo, César e Célia, Lourival, Suzi, Divaldo, Rolando, Rodolfo, Josefina (Bebé)

Divaldo numa entrevista com os jovens por ocasião de sua participação na COMENOESP no ano de 1973

Divaldo Pereira Franco em palestra no C.E. Luz e Fraternidade em 1973. Ao fundo César e Rolando Perri Cefaly

Divaldo P. Franco no C.E. Luz e Fraternidade em 1981. Na foto César, Divaldo, Rolando e o repórter Luiz Carlos Dini

César Perri (E) ao lado de Divaldo Pereira Franco que psicografa mensagem na casa de d. Bebé no ano de 1981

Divaldo sendo entrevistado na A.E. Varas da Videira, Araçatuba, SP, no ano de 1983

Divaldo Pereira Franco recebe titulo de cidadão araçatubense no ano de 1984

César Perri (C),  entrega opúsculo a Divaldo P. Franco (E)  quando  Divaldo recebia o titulo de cidadão araçatubense, em  1984. Na época presidia a Câmara  Valdir Nascimbene (D)

 

 

Divaldo Pereira Franco sendo entrevistado no G.E. Pagan (atual G.E. da Fraternidade), em Araçatuba, SP, em 1985

Divaldo P. Franco (D) com César Perri no lançamento do  livro “Em Louvor à Vida” no Araçatuba Clube, em 1987

Divaldo P. Franco no Araçatuba Clube onde proferiu palestra pública. Foto: Maria Luzia A. Rosa, Alderney Galetti, César Perri, a Prefeita Germinia D. Venturolli e Divaldo P. Franco

Divaldo P. Franco em visita ao Hospital Benedita Fernandes, em Araçatuba, SP, no ano de 1998

 

 

 

Dona Bebé e Divaldo P. Franco. Araçatuba, SP, 2001

Divaldo Pereira Franco sendo entrevistado na casa de

Dona Bebé no ano de 2001

 

Decreto Legislativo que concedeu o titulo de Cidadão Araçatubense

para Divaldo Pereira Franco publicado no jornal  A Comarca

 

 

Matéria publicada no jornal Folha da Região alusiva à entrega do titulo de

Cidadão Araçatubense para Divaldo Pereira Franco

 

As fotos utilizadas neste trabalho são do acervo particular de Antonio César Perri de Carvalho e sua utilização em outras publicações só com sua autorização expressa.

 

 

 

 

 

Seminário e Palestra Pública com Divaldo Pereira Franco

Campo Grande, MS

 

(Informação recebida em email de Eduardo Carlos Palmeira Junior [educarlospalmeirajr@globo.com])

 

 

 

 

 

Palestra com Marilusa Moreira Vasconcellos

Ibiúna, SP

 

Marilusa Moreira Vasconcellos

Foto Ismael Gobbo

CONVITE
Dia 22/01/2012 a médium e expositora espírita Marilusa  Moreira Vasconcellos, fará palestra na Casa do Caminho de Ibiúna, as 10 horas, junto com os queridos dr. Rezende e D. Darcy.
Compareçam.

 

(Informações em email de radhu@terra.com.br)

Casa do Caminho, Ibiúna, SP Foto por Ademir Mendes.

 

 

 

 

 

Palestras programadas para o 1º. Unificar com Braz José Marques e Quincas de MG em Murutinga do Sul, SP

Centro Cultural de Murutinga do Sul, SP. Foto Ismael Gobbo

 

 

 

 

 

Palestras com Adriano Marques

Araçatuba, Buritama e José Bonifácio

 

(Informações recebidas em email de VANDERLEI SILVA [vanderlei.nsilva@hotmail.com])

 

 

 

 

 

Programa Muitas Vidas na TV Santa Cecilia entrevista

Renato Prieto e Paula Zamp. Santos, SP

 

Olá Amigos!

atençao.gif

Neste Sábado dia 21/01, as 11:00 horas, no Programa Muitas Vidas NA TV Santa Cecília,

 

Os entrevistados serão:

No 1º Bloco - Renato Prieto : falando sobre sua vida, seus conhecimentos,
seu trabalho no teatro

No 2º Bloco - Paula Zamp

Tudo isso no Sábado as 11:00 pela Manhã no Santa Cecília TV: canal 13

e da NET não tem canal UHF (antena) 52

O Programa Muitas Vidas internet agora estabele pelaTV Santa Cecília.
Acesse:
http://www.santaceciliatv.com.br/indextv.php

Clique em assista ao vivo (a sua direita na tela) /digite seu email e cidade e pronto ... assista a programação ao vivo

Não Perca. Divulgue!

"(...) Lembra-te deles, os quase loucos de sofrimento, e trabalha para que a Doutrina Espírita lhes estenda socorro oportuno. Para isso, estudemos Allan Kardec, ao clarão da mensagem de Jesus Cristo, e, seja no exemplo ou na atitude, na ação ou na palavra, recordemos que o Espiritismo nos solicita uma espécie permanente de caridade - a caridade da sua própria divulgação".

(Do livro "Estude e Viva", Ditado pelos Espíritos: Emmanuel e André Luiz; Psicografado por Chico Xavier e Waldo Vieira - Cap. 40 Socorro oportuno.)

 

(Informação recebida em email de Rose Moliterno)

O sol nascendo na bela e agradável cidade de Santos, SP. Foto Ademir Mendes

 

 

 

 

 

Rádio Kardec em Inglês

Baltimore, EUA

 

www.kardecradio.com

 

ENJOY KARDEC RADIO AND

NOURISH YOUR SOUL !

 

Dear Ismael,

 
Get to know more about mediumship
and mediums of all times!

Share this news on this week's program.

 
Mussi

 

LISTEN TO THE ANTHROPOLOGIC VIEW ON SPIRITISM!
greenfield
 

KARDEC RADIO CHALLENGE -

PARTICIPATE TODAY !


KR Challenge

 

 

 

 

 

 

 

 

O Espírita nas Redes Sociais

Rio de Janeiro, RJ

 

 

Dia 29 de janeiro, domingo, o Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro – CEERJ – vai realizar o evento O ESPÍRITA NAS REDES SOCIAIS.

 

Considerando o enorme crescimento das redes sociais e da interação cada vez maior de todas as classes e faixas etárias, o assunto será trabalhado de forma objetiva pela primeira vez no Estado do Rio de Janeiro.

 

O público-alvo é amplo, abrangendo desde os dirigentes de Instituições Espíritas até evangelizadores e coordenadores de frentes de trabalho.

 

Com a presença do ilustre Professor César Reis e de diversos especialistas nas áreas, o foco principal é debater a aplicabilidade das redes e mídias sociais dentro do movimento espírita e trazer à tona a reflexão sobre a posição de cada indivíduo dentro dessa realidade.

 

O evento acontecerá na sede do CEERJ, na Rua dos Inválidos no 182, no Centro do Rio de Janeiro, às 9h.

 

Para saber mais, acesse www.ceerj.org.br ou ligue (21) 2224-1244.

 

 

 

Programação do Evento:

 

9h às 9h20

Entrada e prece

9h20 às 10h

O que são as mídias sociais

10h às 10h40

 

As redes sociais e a tecnologia no campo da divulgação

espírita

10h40 às 11h20

O papel do espírita dentro da rede

11h20 às 11h40

intervalo

11h40 às 12h20

Legislação na internet

12h20 às 13h

Lei de Sociedade x redes sociais x Lei de Progresso

 

(Informações recebidas em email de Gutemberg Paschoal [gutosom22@gmail.com])

 

Ficheiro:Bondinho descendo o Morro da Urca.jpg

Bondinho descendo o Morro da Urca em direção à Praia Vermelha. Rio de Janeiro, Brasil

Imagem:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Bondinho_descendo_o_Morro_da_Urca.jpg

 

 

 

 

Nosso Corpo

Um elegante homem de meia idade entrou calmamente em um café e se sentou. Antes de fazer seu pedido, ele pôde perceber que um grupo de rapazes, sentado a uma mesa próxima, estava rindo dele.

Logo deduziu que o motivo era uma pequena faixa rosa na lapela de seu terno. Incomodado com a situação, mostrou a faixa aos rapazes e perguntou:

É isto?

Todos gargalharam. Um deles disse:

Desculpe-me, mas estávamos comentando como essa pequena faixa fica bonita no seu terno azul.

O riso foi geral. O homem, tranquilamente, convidou o que falara para se sentar com ele.

Embora constrangido, ele concordou. Educadamente, o homem lhe explicou que estava usando a faixa para alertar as pessoas sobre o câncer de seio. E terminou:

Eu uso isto em honra da minha mãe.

Lamento muito, falou depressa o jovem. Ela morreu de câncer nos seios?

Não. Ela está viva e passa bem. Entretanto, seus seios alimentaram-me na infância e me confortaram quando estava assustado ou me sentia solitário. Sou muito grato pelos seios de minha mãe e por sua saúde.

O rapaz não estava entendendo e por isso só murmurou: Sei.

Mas o homem prosseguiu: E eu uso esta faixa em honra de minha esposa também.

Ela está ok? Logo questionou o jovem.

Claro, falou o homem. Ela está ótima. Ela nutriu e alimentou nossa filha há vinte e três anos. Sou agradecido por seus seios e por sua saúde.

Suponho, ousou dizer o rapaz, que você use isso em honra de sua filha também?

Não, respondeu. É muito tarde para honrar minha filha, usando isto agora. Minha filha morreu de câncer nos seios há um mês.

Ela pensou que era muito jovem para ter esta doença. Quando, acidentalmente, notou um pequeno inchaço nos seios, ela o ignorou. Pensou que estava tudo bem. Afinal, ela não sentia dores e acreditava que não tinha motivos para se preocupar.

É em memória de minha filha que uso esta faixa rosa. Por causa dela, tenho tido oportunidades de esclarecer muitas pessoas. Agora, vá para casa, converse com sua esposa, suas filhas, sua mãe e seus amigos.

Finalmente, o homem deu para o rapaz uma faixa rosa para que ele usasse. Erguendo a cabeça, lentamente, o rapaz perguntou:

Você me ajuda a colocá-la?

*   *   *

Você mora no seu corpo. Pense que as máquinas modernas dão ao homem muitas facilidades.

No entanto, valeriam muito pouco sem o concurso das mãos.

Os aviões podem elevar você às alturas. Contudo, no dia-a-dia, você se equilibra em seus pés.

Os grandes telescópios são maravilhas do mundo, mas não serviriam para nada sem os olhos.

A música é o cântico do Universo, entretanto, passaria despercebida sem os ouvidos.

Enfim, pense que o seu corpo é um engenho Divino que a vida empresta a você, para sua permanência na Terra.

Cuide do seu corpo com serenidade e bom senso. Pense que, embora a ciência consiga tratá-lo, e até mesmo substituir alguns dos seus órgãos, ninguém, na Terra, encontra corpo novo para comprar.

 

                                                   Redação do Momento Espírita, com base em artigo assinado por Heraldo Espozel e no cap. 54,

                                                        do Livro da esperança, pelo Espírito Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Cec.

                                                                                                                           Em 19.01.2012.

 

 

 

 

 

 

 Nota: Todas as notícias deste e de emails anteriores estão postadas no blog: http://ismaelgobbo.blogspot.com

 

 

 

 

 

Em absoluto respeito à sua privacidade, caso não mais queira receber este boletim de notícias do movimento espírita, envie-nos um email solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso endereço: igobi@uol.com.br

 

 

 

 

 

Editoração e envio:

Ismael Gobbo, Araçatuba, SP

Gislaine Pascoal Yokomizo e Leonardo Yokomizo, Jacareí, SP