Notícias do Movimento Espírita

São Paulo, SP, terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Compiladas por Ismael Gobbo

 

 

 

Notas

1. Recomendamos confirmar junto aos organizadores os eventos aqui divulgados. Podem ocorrer cancelamentos ou mudanças que nem sempre chegam ao nosso conhecimento.

2. Este e-mail é uma forma alternativa de divulgação de noticias, eventos, entrevistas e artigos espíritas. Recebemos as informações de fontes  diversas via e-mail  e fazemos o repasse aos destinatários de nossa lista de contatos de e-mail. Trabalhamos com a expectativa de que as informações que nos chegam sejam absolutamente espíritas na forma como preconiza o codificador do Espiritismo, Allan Kardec.  Pedimos aos nossos diletos colaboradores que façam uma análise criteriosa e só nos remetam para divulgação matérias genuinamente espíritas.

 

3. Este trabalho é pessoal e totalmente gratuito, não recebe qualquer tipo de apoio financeiro e só conta com ajuda de colaboradores voluntários. (Ismael Gobbo).

 

 

 

Atenção

Se você tiver dificuldades em abrir o arquivo, recebê-lo incompleto ou cortado e fotos que não abrem, clique aqui:


http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/14-01-2020.htm

 

No Blog onde é  postado diariamente:

http://ismaelgobbo.blogspot.com.br/

 

Ou no Facebook:

https://www.facebook.com/ismael.gobbo.1

 

   

   

Os últimos 5 emails enviados     

 

DATA                                       ACESSE CLICANDO NO LINK

 

13-01-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/13-01-2020.htm

11-01-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/11-01-2020.htm

10-01-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/10-01-2020.htm

09-01-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/09-01-2020.htm

08-01-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/08-01-2020.htm

 

 

Publicação em sequência

Revista Espírita – Ano 7 - 1864

 

 

 

 

 

Imitação do Evangelho Segundo o Espiritismo

Veja cópia da edição original de 1864 em Google Books

https://books.google.com.br/books?id=2ydbAAAAcAAJ&printsec=frontcover&hl=pt-BR&source=gbs_ge_summary_r#v=onepage&q&f=false

Imitação do Evangelho Segundo o Espiritismo. FEB

https://www.febeditora.com.br/prod,idproduto,6505353,frances-imitation-de-l-evangile-selon-le-spiritisme---1864

 

Pont-Neuf, vista do Quai des Grands Augustins. Entre 1860 e 1870. Fotógrafo: Hipólito Jouvin

impressão fotográfica em cartão estéreo: albumina. Biblioteca do Congresso dos EUA

Copiada de:

https://fr.m.wikibooks.org/wiki/Fichier:Le_Pont-Neuf,_vu_du_quai_des_Grands_Augustins,_between_1860_and_1870_-_Library_of_Congress.jpg

Palays Royal, Paris, França. No interior  do edifício do século XVII, na Galeria de Valois, funcionou

por um ano a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas. Foto Ismael Gobbo

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/15-05-2019_arquivos/image011.jpg

Imagens/fonte: 

http://www.luzespirita.org.br/index.php?lisPage=enciclopedia&item=Sociedade%20Parisiense%20de%20Estudos%20Esp%C3%ADrita

Retrato de Louis-Isaac Lemaistre de Sacy, senhor de Port-Royal, ou de Antoine Le Maître, seu irmão mais velho

na oficina de Philippe de Champaigne.Óleo sobre tela de Philippe de Champaigne.

Imagem/fonte: . https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lemaistre_de_Sacy_Champaigne_Port-Royal_PRP031.jpg

 

 

Louis-Isaac Lemaistre de Sacy (29 de março de 1613 – 4 de janeiro de 1684), um sacerdote de Port-Royal, foi um teólogo jansenista e humanista francês, mais conhecido por sua tradução da Bíblia, a Bíblia de Port-Royal, que se tornou a mais difundida tradução francesa do século XVIII.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Louis-Isaac_Lemaistre_de_Sacy

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/15-05-2019_arquivos/image012.jpg

Quadro de Allan Kardec de grandes dimensões na Librairie et Editions LeymarieParis, França.

Fonte: 

https://www.facebook.com/librairieleymarie/photos/a.1799741960063337/1799746110062922/?type=3&theater

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/OUTUBRO/05-10-2018_arquivos/image020.jpg

O Sermão das Bem-Aventuranças. Aquarela por James Tissot

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Beatitudes#/media/File:TissotBeatitudes.JPG

 

Nossos pressentimentos

 

 No jardim, na camaradagem do silêncio, Tammy pensava. Como eram diferentes os dias de agora.

Diferentes porque seu amado não estava com ela. Rustom, com sua risada franca, sua confiança ilimitada.

Rustom que era capaz de entrar em qualquer lugar e, em poucos minutos, se pôr imediatamente à vontade, deixando as pessoas ao seu redor também à vontade.

Rustom, seu amado marido, que era capaz de fazer rir à sua nora, ao seu filho.

As folhas das árvores farfalharam, trazendo mais lembranças para Tammy.

Ano anterior. Seu marido e o filho na piscina do hotel. Ambos com água pelos joelhos, brincavam.

E Rustom gritou para a esposa e a nora:

Vocês sabem o que estamos fazendo? Estamos criando lembranças para o futuro.

Uma coisa alegre para vocês recordarem, quando os velhos já não estivermos por perto.

O filho puxara a cabeça do pai para perto de si, apertando-a contra o peito e argumentara que, rijo como era seu pai, com certeza ele sobreviveria a todos eles.

Rustom respondera com um sorriso e versos do poeta Omar Khayyam: Quando a hora chega, chega. Move-se a mão que escreve e, tendo escrito, segue adiante.

Tammy agora pensava se o marido tivera uma intuição de que ia morrer.

E lembrava dos dias seguintes, de ternuras redobradas, atenções multiplicadas, sorrisos explodindo a toda hora.

Seu marido estava lhe ofertando momentos de alegria para recordar depois, quando a saudade vibrasse forte?

Fora um choque ter a notícia de que aquele coração generoso parara de bater.

Sístoles, diástoles, tudo cessara. A bomba cardíaca deixara de operar e logo a morte enrijecia aquele corpo, cuja ausência ela sentia tanto.

Será, continuava a pensar Tammy, será que podemos saber o momento de nossa morte?

*   *   *

Ninguém avança pela estrada do progresso espiritual sem o auxílio da Divindade, por intermédio dos nobres Espíritos que se transformam em guias da Humanidade.

São eles que assessoram os homens, zelando por eles, na qualidade de anjos guardiães.

São essas almas excelsas que, conhecendo as ocorrências que, de forma geral, estão delineadas para os seus pupilos vivenciarem, os inspiram ou guiam pela senda mais apropriada.

Através dessa inspiração é que acontece o chamado pressentimento.

Também acontece que o próprio Espírito reencarnado recorda, de forma espontânea, da programação que para si traçou, antes de reencarnar.

Dessa forma, pode ter, como intuição, a advertência de que seus dias na Terra estão finalizando.

Por isso, idealiza passeios, diligencia providências que evitarão transtornos para sua família, torna-se mais alegre ou mais introspectivo.

Em uma palavra, ele se vai despedindo da vida, deixando um rastro de bondade, de alegria para que os seus amores tenham recordações positivas para alimentar a imensa saudade dos dias da sua ausência.

*   *   *

Fiquemos atentos aos pressentimentos, analisando-os de forma clara e tranquila, quando ocorram.

Avaliemos qual a mensagem de advertência ou socorro de que se fazem portadores.

Apuremos nossa sintonia com os Espíritos guias, a fim de que com maior facilidade possamos registrar e direcionar de forma saudável e proveitosa os pressentimentos.

 

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 1 do livro A doçura do mundo,
de Thrity Umrigar, ed. Nova Fronteira e no cap. 13 do livro Lições para a felicidade,
pelo Espírito Joanna de Angelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. LEAL.
Em 13.1.2020,

 

 

 (Copiado do site Feparana)

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/JULHO/16-07-2018_arquivos/image010.jpg

"A alma deixando o corpo"

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Schiavonetti_Soul_leaving_body_1808.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/JULHO/16-07-2018_arquivos/image011.jpg

Morte. Pintura por Jacek Malczewski.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Consciousness_after_death

 

Confraternização dos Jovens Espíritas de Mato Grosso

 

“Somos todos iguais em estações diferentes – Aprendendo a conviver” é o tema da Confraternização dos Jovens Espíritas de Mato Grosso (Conjemat), que ocorrerá nos dias 22 e 23 de fevereiro de 2020. A Conjemat será realizada em vários pontos do estado ao mesmo tempo. Para obter mais informações e saber como foi o encontro de 2019, acesse https://www.feemt.org.br/area_atuacao/infancia-e-juventude/

 

(Copiado de https://www.febnet.org.br/portal/2020/01/13/confraternizacao-dos-jovens-espiritas-de-mato-grosso/)

 

Comemoração na Comunhão Espírita de Brasília

 

A Comunhão Espírita de Brasília comemora 59 anos de fundação nesta quinta-feira, dia 16 de janeiro. Para celebrar a data, a Casa convidou a trabalhadora Germana Carsten para uma palestra sobre as “Histórias que os fundadores contaram”.

Com harmonização do Coral Elos de Luz, o evento será às 20h, no salão Bezerra de Menezes. Haverá transmissão ao vivo pelo canal da Comunhão no YouTube. Mais informações: http://portal.comunhaoespirita.org.br/

 

 

(Copiado de https://www.febnet.org.br/portal/2020/01/13/comemoracao-na-comunhao-espirita-de-brasilia/)

 

Allan Vilches no Grupo Socorrista Maria de Nazaré

Boituva, SP

 

 

(Informação recebida em email de [email protected])

 

Áudio com Simoni Privato Goidanich

Acesse no link

 

Desde el domingo 15 de diciembre, quincenalmente, a las 17 h (hora de Brasilia) estamos publicando podcasts en español en el Canal de Youtube TheEstudiosEspiritas.

El podcast de esta semana tiene como asunto: "¿El espiritismo es superstición?

https://www.youtube.com/watch?v=aIOp3EJOe5I&feature=youtu.be

 

El próximo podcast se publicará el domingo 26 de enero a las 17 h (hora de Brasilia). 

El acceso a los podcasts y a los videos que realizamos es libre y gratuito. Nuestro trabajo en la doctrina espírita es voluntario.

Mucha paz, salud y felicidad a todos.

 

Simoni

 

Site da FEB- Federação Espírita Brasileira

Acesse no link

 

Clique:

https://www.febnet.org.br/portal/

 

 

 

Efemérides do mês de Janeiro

 

 

(Copiado de https://www.febnet.org.br/portal/2020/01/10/efemerides-do-mes-de-janeiro/)

 

Refletindo com Joanna (12)

Rener Cunha

 

Acesse:

https://www.youtube.com/watch?v=EXK7QNVv284&list=PLZ3eQbY0Rt-Qh4-lliQXc0L1KDelVqnCU&index=13&t=0s

 

 

Seminário no Centro Espírita União e Fraternidade

São Paulo, SP

 

 

(Informação recebida em email de Francisco Gabilan)

 

Rodas de Conversa no CEAK

Campinas, SP

 

(Informação recebida em email de Marco Milani)

 

 

 

Palestra no C.E. Allan Kardec

Rancharia, SP

 

 

(Informação recebida em email de Francisco Atilio Arcoleze [[email protected]])

 

 

 

Encontro: Amigo Espírita Chico Xavier

Resende, RJ

 

 

VEJA MAIS INFORMAÇÕES ACESSANDO AQUI:

http://www.redeamigoespirita.com.br/profiles/blogs/contamos-com-sua-participacao-no-amigo-espirita-chico-xavier

 

(Informação recebida em email de Rede Amigo Espírita [co[email protected]]

 

V Congresso Espírita Brasileiro

 

Em 2020 contaremos com a 5ª edição do Congresso Espírita Brasileiro em torno do tema Evangelho Redivivo. Não perca a chance de participar deste evento, promovido pelo Conselho Federativo Nacional da FEB (CFN/FEB), e que trará a edição nacional, a ser realizada em novembro, em Brasília, e quatro edições regionais, em Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Manaus (AM) e Campo Grande (MS).

Acesse o site oficial e fique por dentro dos temas, datas e realize, ainda, sua inscrição.  O site oficial também oferecerá vídeos, estudos sintéticos e textos que auxiliarão a refletir sobre o tema central do Congresso até a data dos eventos presenciais:  https://www.febnet.org.br/congressobr

 

(Copiado de https://www.febnet.org.br/portal/2020/01/03/em-2020-v-congresso-espirita-brasileiro/)

 

A minha tradução da Bíblia (Novo Testamento)

 

Publicado originalmente em Coluna

de O Tempo, BH, MG)

https://www.otempo.com.br/opiniao/jose-reis-chaves/a-minha-traducao-da-biblia-novo-testamento-1.2282908

 

José Reis Chaves

 

A fidelidade aos textos gregos do Novo Testamento não permite modificações nas traduções, mas permite interpretações diferentes das de outros tradutores. O importante da minha tradução (Novo Testamento) são algumas notas de comentários lineares, em negritos e letras maiores, com interpretações diferentes das de outros tradutores, que são geralmente padres e pastores, os quais se subordinam às doutrinas dogmáticas, que respeitamos, mas que nem sempre são bíblicas e racionais.

 Porém, tem havido entre os tradutores e os teólogos cristãos uma lenta, mas importante evolução no entendimento racional de alguns textos bíblicos e que se aproxima do da doutrina espírita codificada por Kardec, a qual tem também instruções de espíritos de alto nível de evolução espiritual e moral.

 Vejamos exemplos bíblicos disso entre os muitos. Malaquias (em nota do capítulo 3: 1 a 5), Elias é tido como sendo João Batista (espírito), o Precursor, que veio preparar a vinda de Jesus. E, no apêndice, também, de Malaquias 3: 23, João Batista é, igualmente, o Elias, ou seja, reencarnação de Elias,. Ademais, Jesus é visto como o Javé, o que dá a entender que ele, Jesus, é reencarnação de Javé. Sabemos que isso é geralmente um ponto de vista delicado para muitos cristãos e judeus, não tanto pela ideia contida nele da reencarnação, mas ele aparece também em outras partes da Bíblia.

 Mas vamos a outro exemplo de uma evolução do sentido não só de interpretações nas notas de comentários dos textos da Bíblia, mas até nas próprias traduções. Trata-se da parábola de um rico e um pobre de nome Lázaro, que era um mendigo doente e que ficava à porta da casa do homem rico, esperando ganhar algumas sobras das suas ricas refeições. Depois da morte dos dois, Lázaro estava muito bem, enquanto que o rico sofria muito. Por isso, o rico queria uma oportunidade de ressuscitar (aparecer) para seus parentes para avisá-los do que acontecia com ele, a fim de que eles não agissem como ele enquanto estava encarnado, e que fossem, pois, sofrer também como ele. Tudo isso, é claro, é figurado. Mas, em Lucas 16: 28, na Bíblia de Jerusalém e em outras, não aparece a expressão ‘para sempre’ para aquela situação de sofrimento sem fim para o homem rico. E, principalmente, por ser uma parábola, é uma história figurada que nos mostra que as condições reais de nossas vidas de espíritos imortais que somos variam conforme as nossas semeaduras boas ou más, pois, de fato, colhemos o que semeamos. E mais este exemplo: João Batista foi enviado (João 1: 6),  logo, ele já existia antes, pois era o Elias.

 Apesar de algumas questões serem bíblicas, são pouco faladas no cristianismo. Mas reiteramos que, nos comentários de minha tradução, elas são lembradas e com os sentidos dos verdadeiros vocábulos gregos.

 PS: Recomendamos “Teologia da Verdade”, de Rosário Américo de Resende, Ed. Chico Xavier. Contato: (31) 3637-1048 e (31) 9 9979-0608.

 

 

(Texto Word recebido em email de Jose Reis Chaves [[email protected]])

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/SETEMBRO/21-09-2019_arquivos/image011.jpg

A parábola do homem rico e Lázaro, representando o homem rico no inferno, pedindo ajuda a Abraão e Lázaro no céu por James Tissot. Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Christian_views_on_Hell

 

Idiotia

 

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Encontro Marcado. Lição nº 52. Página 157.

Tema: Lesões cerebrais irreversíveis.

 

Surge, aqui e ali, quem pergunte por eles, os tiramos que ensoparam o mundo de lágrimas, conhecidos por lamentáveis fazedores de guerra.

Apropriavam-se da autoridade e comandavam o extermínio das cidades que se lhes rendiam sem restrições; passavam, quais ciclones pestilentos, incendiando sítios prósperos, aniquilando homens dignos, abatendo enfermos, desrespeitando mulheres, empalando fugitivos ou decepando os braços de crianças inermes; apareciam por empreiteiros da demolição e do sarcasmo, organizando o cativeiro de povos livres ou formando, em nome da prepotência, as inquisições políticas, nas quais o abuso do poder consagrava a felonia e a traição por bases de governança, a fim de que os quadrilheiros das trevas operassem, impunes; salientavam-se por mandantes dos choques de violência em que os fracos eram irremediavelmente impelidos à queda ou espoliados sem remissão...

Entretanto, nas seges purpuradas e nos palácios faustosos em que transitavam sorridentes, na direção do sepulcro, repontavam, sem que eles mesmos percebessem, as maldições dos sacrificados, o choro das viúvas e dos órfãos, os gritos de horror dos perseguidos quando traspassados pelos últimos golpes, as chamas das fogueiras destruidoras, o sofrimento dos mutilados, as pragas dos feridos agonizantes largados à ventania da noite, o sangue dos campos recobertos de cadáveres insepultos, o frio das necrópoles encharcadas de pranto, o infortúnio dos lares vazios, o protesto das escolas arrasadas, a dor silenciosa dos templos derruídos, os adeuses e os soluços dos mortos.

E ao deixarem o corpo físico, muitas vezes com as honras tributadas aos grandes chefes, no próprio catafalco resplendente de lumes, de permeio com os cânticos e as orações, nos quais se lhe homenageavam os restos, passaram a escutar, terrificados e indefesos, o vozerio de condenação e a algazarra do desespero com que eram recebidos em novo nível de consciência.

Atormentados, então, por muitas das vítimas que não lhes desculpavam a crueldade, humilhados e desditosos, suplicaram da Providência Divina a própria internação provisória em celas de esquecimento e renasceram na esfera do raciocínio deformado e entenebrecido.

Quando passes diante de um irmão torturado por lesões cerebrais irreversíveis, não lhe voltes o rosto, nem recorras à eutanásia inconsciente.

Quase sempre, o companheiro situado na provação temporária da idiotia é um gênio fulgurante, reencarnado na sombra, a estender-te o pensamento aflito e mudo, necessitado de compaixão.

 

(Texto recebido em email do divulgador Antonio Sávio, de Belo Horizonte, MG)

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/AGOSTO/19-08-2019_arquivos/image013.jpg

Cristãos sendo usados como tochas humanas na perseguição sob Nero. Óleo sobre tela de Henryk Siemiradzki.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Siemiradski_Fackeln.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/AGOSTO/19-08-2019_arquivos/image014.jpg

Nero infante. Museu do Louvre, Paris, França. Foto Ismael Gobbo.

http://www.noticiasespiritas.com.br/2017/FEVEREIRO/20-02-2017_arquivos/image041.jpg

Mártires cristãos no Coliseu. Pintura por Konstantin Flavitsky

Imagem/fonte: 

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Konstantin_Flavitsky_-_Christian_Martyrs_in_Colosseum.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2017/FEVEREIRO/20-02-2017_arquivos/image042.jpg

A última oração dos mártires cristãos. Óleo sobre tela por Jean-Léon Gérôme.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Christian_Martyrs_Last_Prayer.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/AGOSTO/28-08-2018_arquivos/image008.jpg

O idiota. Óleo sobre tela por Evert Larock.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/File:Larock-The_Idiot.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/AGOSTO/28-08-2018_arquivos/image009.jpg

Asilo para idiota do estado de Siracusa na avenida de Wilbur em Siracusa, New York aproximadamente 1855

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Syracuse_State_School

 

Leia mais aqui:

https://en.wikipedia.org/wiki/Syracuse_State_School

 

“O Idiota”  em francês. Obra de Fiodor Dostoïevski

Acesse: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k5809955s

 

Fiódor Dostoiévski, fotografado em 1879, aos 58 anos de idade

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Fi%C3%B3dor_Dostoi%C3%A9vski

 

 

Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski[nota 1][nota 2] (Moscou/Moscovo, 11 de novembro de 1821 - São Petersburgo, 28 de janeiro de 1881)[1][2][3][4][nota 3] foi um escritorfilósofo e jornalista do Império Russo. É considerado um dos maiores romancistas e pensadores da história, bem como um dos maiores "psicólogos" que já existiram (na acepção mais ampla do termo, como investigadores da psiquê).[5][6][7]

Após o término de sua formação acadêmica como engenheiro, Dostoiévski trabalhou integralmente como escritor, produzindo romancesnovelascontosmemóriasescritos jornalísticos e escritos críticos. Além disso, atuou como editor em revistas próprias, como preceptor e participou de atividades políticas. Suas obras mais importantes foram as literárias, onde abordou, entre outros temas, o significado do sofrimento e da culpa, o livre-arbítrio, o cristianismo, o racionalismo, o niilismo, a pobreza, a violência, o assassinato, o altruísmo, além de analisar transtornos mentais, muitas vezes ligados à humilhação, ao isolamento, ao sadismo, ao masoquismo e ao suicídio. Pela retratação filosófica e psicológica profunda e atemporal dessas questões, seus escritos são comumente chamados de romances filosóficos e romances psicológicos.[7][8]

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Fi%C3%B3dor_Dostoi%C3%A9vski

 

Em absoluto respeito à sua privacidade, caso não mais queira receber este boletim de notícias do movimento espírita, envie-nos um email solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso endereço: [email protected]