Notícias do Movimento Espírita

São Paulo, SP, sábado, 05 de outubro de 2019

Compiladas por Ismael Gobbo

 

 

 

Notas

1. Recomendamos confirmar junto aos organizadores os eventos aqui divulgados. Podem ocorrer cancelamentos ou mudanças que nem sempre chegam ao nosso conhecimento.

2. Este e-mail é uma forma alternativa de divulgação de noticias, eventos, entrevistas e artigos espíritas. Recebemos as informações de fontes  diversas via e-mail  e fazemos o repasse aos destinatários de nossa lista de contatos de e-mail. Trabalhamos com a expectativa de que as informações que nos chegam sejam absolutamente espíritas na forma como preconiza o codificador do Espiritismo, Allan Kardec.  Pedimos aos nossos diletos colaboradores que façam uma análise criteriosa e só nos remetam para divulgação matérias genuinamente espíritas.

 

3. Este trabalho é pessoal e totalmente gratuito, não recebe qualquer tipo de apoio financeiro e só conta com ajuda de colaboradores voluntários. (Ismael Gobbo).

 

 

 

Atenção

Se você tiver dificuldades em abrir o arquivo, recebê-lo incompleto ou cortado e fotos que não abrem, clique aqui:

 


http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/OUTUBRO/05-10-2019.htm

 

No Blog onde é  postado diariamente:

http://ismaelgobbo.blogspot.com.br/

 

Ou no Facebook:

https://www.facebook.com/ismael.gobbo.1

 

   

   

Os últimos 5 emails enviados     

 

DATA                                       ACESSE CLICANDO NO LINK

 

04-10-2019     http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/OUTUBRO/04-10-2019.htm

03-10-2019     http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/OUTUBRO/03-10-2019.htm

02-10-2019     http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/OUTUBRO/02-10-2019.htm

01-10-2019     http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/OUTUBRO/01-10-2019.htm

30-09-2019     http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/SETEMBRO/30-09-2019.htm

 

 

Publicação em sequência

Revista Espírita – Ano 6 - 1863

 

 

 

 

 

(Continuação da postagem anterior)

 

(Texto copiado do site Febnet)

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/f/f8/Vue_d%27Alger%2C_prise_sur_le_bord_de_mer_sud..jpg/800px-Vue_d%27Alger%2C_prise_sur_le_bord_de_mer_sud..jpg

. Vista de Argel, tomada na costa do mar do sul.

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Alger#/media/Fichier:Vue_d'Alger,_prise_sur_le_bord_de_mer_sud..jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/07-05-2019_arquivos/image019.jpg

Catedral Notre Dame. Paris, Franca. Foto Ismael Gobbo

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/16-05-2019_arquivos/image009.jpg

Passagem Sainte- Anne. Paris França.

Imagem:

Autor: Mbzt  fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:P1170046_Paris_II_passage_Sainte-Anne_rwk.jpg

 

 

 

A passagem Sainte-Anne é uma passarela de pedestres localizada no º  arrondissement de Paris . Ela se abre para o leste, na rua Sainte-Anne , 59, em frente à saída das ruas Rameau e Cherubini . Ele termina 47  m para a oeste, directamente na passagem Choiseul , a o  52.

https://fr.wikipedia.org/wiki/Passage_Sainte-Anne

 

 

Na passagem Sainte-Anne no. 59.  funcionou a sede própria da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/16-05-2019_arquivos/image015.jpg

Jesus e os dez leprosos por Gebhard Fugeel.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Cleansing_of_the_ten_lepers?uselang=pt#/media/File:Gebhard_Fugel_Christus_und_die_Auss%C3%A4tzigen_c1920.jpg

 

 

Homenagem ao Codificador da Doutrina Espírita Allan Kardec

 

Kardec e Vida

https://lh5.googleusercontent.com/proxy/AfVXwSG2AuW8YJDOLCg_iyB_GTUwtO4AT7oWlTlJH0gZwlirsrYkq1AXfbF8shPct3nHVwkqkNIZEY06h92YJeheEbN5_2ACGj2YYr7mo00DfMGmQ7UcArwf6CLT-hqfMaB6SCY=s0-d

 

Pelo Espírito Bezerra de Menezes.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Vereda de Luz. Lição nº 05. Página 30.

 

     Jesus nos trouxe a verdade. Kardec, porém, nos trouxe a interpretação.

    Daí o nosso dever de comunicar Allan Kardec a todos os setores da vida individual e coletiva, razão pela qual nos reconhecemos na obrigação de reafirmar:

    Kardequizar é a legenda de agora.

    Sintetizemos em linhas rápidas o que entendemos por Kardequização e seus resultados:

    - Kardequização do sentimento: equilíbrio.

    - Kardequização do raciocínio: visão.

    - Kardequização da ciência: humanidade.

    - Kardequização da filosofia: discernimento.

    - Kardequização da fé: racionalidade.

    - Kardequização da inteligência: orientação.

    - Kardequização do estudo: esclarecimento.

    - Kardequização do trabalho: organização.

    - Kardequização do serviço: eficiência.

    - Kardequização das relações: sinceridade.

    - Kardequização do progresso: elevação.

    - Kardequização da liberdade: disciplina.

    - Kardequização do lar: harmonia.

    - Kardequização do debate: proveito.

    - Kardequização do sexo: responsabilidade.

    - Kardequização da personalidade: autocrítica.

    - Kardequização da corrigenda: compreensão.

    - Kardequização da existência: caridade.

    - Kardequizemos para evoluir com acerto à frente do Cristo de Deus.

    A Terra é a nossa escola milenária e, em suas classes múltiplas, somos companheiros uns dos outros. Kardequizarmo-nos na carteira de obrigações a que estamos transitoriamente jungidos é a fórmula ideal de ascensão.

 

(Texto recebido do divulgador Antonio Sávio, de Belo Horizonte, MG)

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/OUTUBRO/03-10-2018_arquivos/image019.jpg

Allan Kardec

Lião (França): 03-10-1804 /  Paris (França):  31-03-1869

Gravura cedida por Charles Kempf, Belfort, França.

 

5 de outubro – 70 anos do “pacto áureo”

 

UNIÃO – MAIS DE UM SÉCULO DE EXPERIÊNCIAS

O mundo conturbado pede, efetivamente, ação transformadora

Antonio Cesar Perri de Carvalho

O presente artigo sintetiza nossa palestra na abertura do Encontro Comemorativo dos 70 anos do Congresso Brasileiro de Unificação Espírita (São Paulo, 20/10/2018).1

Bezerra de Menezes alimentou o ideal de união. Após sua desencarnação (11/04/1900) surgem marcantes ações do presidente Leopoldo Cirne (gestão 1900-1913), eficiente administrador e impulsionador da divulgação das obras do Codificador.1,2

Cirne reformulou os estatutos da FEB, em assembleia realizada em 05/11/1901, retirando os poderes discricionários concedidos a Bezerra, pois este assumiu em época de crise no ano de 1895, e eliminando a cláusula que recomendava o estudo das obras de J.B. Roustaing. Cirne considerava que esta cláusula prejudicava a união da família espírita em torno da FEB.1,3 

Leopoldo Cirne promoveu o I Congresso Espírita, em homenagem ao Centenário de nascimento de Allan Kardec, com a participação de mais de duas mil pessoas, de 1o a 3/10/1904, quando apresentou o trabalho Bases da Organização Espírita, que passou a orientar a ação de união dos espíritas, estimular a fundação de Federações Estaduais e filiar diretamente os centros. A nosso ver este é o marco dos esforços institucionais iniciais de união.  Em 1904, existiam apenas duas federativas: a do Paraná e a do Amazonas.2,3

A primeira entidade federativa paulista, a União Espírita do Estado de São Paulo, fundada por Antônio Gonçalves da Silva - Batuíra, em 24/5/1908, foi inspirada no documento Bases da Organização Espírita.1

Com a saída de Cirne da FEB em fevereiro de 1914 ocorreram revisões e um certo retrocesso em relação às ações do citado presidente. Distanciado de instituições, Cirne defendia Kardec como ponto de união e lamentava que muitas lideranças não estariam compreendendo uma nova fase do movimento espírita.2,3

Em face das crescentes insatisfações desenvolveu-se um movimento para se discutir o Espiritismo no Brasil e efetivou-se o Congresso Constituinte Espírita Nacional em março de 1926, no Rio de Janeiro, criando-se uma federativa nacional, a Liga Espírita do Brasil, tendo como órgão máximo a Assembleia Espírita do Brasil.1,2

Naquela época ocorria intensa movimentação no Estado de São Paulo, com experiências no interior: aos 15/03/1931, em reunião realizada em São Carlos (SP) Cairbar Schutel fundou a Associação Espírita de Propaganda do Estado de São Paulo, com finalidade claramente federativa, contando com representantes de 83 instituições4; Benedita Fernandes, aos 30/08/1942 criou a União Espírita Regional da Noroeste em Araçatuba (SP).5 Na Capital formaram-se quatro instituições federativas: Sinagoga Espírita Nova Jerusalém, União Federativa Espírita Paulista, Federação Espírita do Estado de São Paulo e Liga Espírita do Estado de São Paulo.

Nesse contexto, aconteceu o 1o Congresso Espírita do Estado de São Paulo, realizado em São Paulo de 1o a 5/6/1947, com a presença de 551 instituições. As entidades patrocinadoras acima citadas abriram mão da ação federativa e foi criada a União Social Espírita; depois denominada União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, a única federativa fundada como decisão plenária de um Congresso Estadual.1,6,7

O ano de 1948 registrou importantes eventos jovens: a Concentração de Mocidades Espíritas do Brasil Central e Estado de São Paulo – COMBESP, reunindo jovens de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e depois o Distrito Federal (Brasília); um certame autônomo que foi um celeiro para formação de expositores e lideranças e repetido anualmente em rodízio por várias cidades destes Estados até 1966.1,2 Liderado por Leopoldo Machado, de Nova Iguaçú (RJ), foi realizado o 1o Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil (Rio de Janeiro, 17 a 25/7/1948), constituindo-se o Conselho Consultivo de Mocidades Espíritas do Brasil.1,2

A essa altura já se planejava por idealistas da USE-SP a realização do Congresso Brasileiro de Unificação Espírita. Ocorreu em São Paulo de 31/10 a 5/11/1948, com apoio e atuação de dirigentes das Federações Espíritas do Rio Grande do Sul, Paraná e a Catarinense; União Espírita Mineira; Liga Espírita do Brasil; Conselho Consultivo das Mocidades Espíritas do Brasil; Lar de Jesus de Nova Iguaçú (RJ); Centro Espírita de Cuiabá; pessoas com procurações de instituições de Sergipe, Bahia, Pará, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte e várias lideranças.1,7  

Para esse evento foi destinada a primeira psicografia de Chico Xavier sobre união, “Em nome do Evangelho”, por Emmanuel, dirigida aos seus participantes e organizadores. O último parágrafo é marcante:

“O mundo conturbado pede, efetivamente, ação transformadora. [...] unamo-nos no mesmo roteiro de amor, trabalho, auxílio, educação, solidariedade, valor e sacrifício que caracterizou a atitude do Cristo em comunhão com os homens, servindo e esperando o futuro, em seu exemplo de abnegação, para que todos sejamos um...” 1,2,7

A Comissão de Teses do Congresso, entre outros itens, concluiu: “Promover entendimentos com as entidades máximas e federativas dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios, ao sentido de consertar a forma de unificação direcional do Espiritismo; [...] O poder legislativo nacional será exercido por um Conselho Confederativo, sediado na Capital da República, e composto de um representante de cada Estado, do Distrito Federal e dos Territórios, eleitos pelas uniões ou federações dessas circunscrições, com mandato de cinco anos.”1,7

A proposta não foi recepcionada pelo presidente da FEB. Por ocasião do 2o Congresso da Confederação Espírita Pan-americana, realizado pela Liga Espírita do Brasil em outubro de 1949, no Rio de Janeiro, compareceram líderes de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pará, e do Rio de Janeiro (então Distrito Federal), e, repentinamente ocorreram entendimentos com o presidente da FEB, Wantuil de Freitas. Alguns líderes que participavam deste Congresso compareceram à sede da FEB, para uma reunião com seu presidente e diretores. Após reiterarem a proposta para uma Confederação ou Conselho Superior do Espiritismo, novamente rejeitada por Wantuil de Freitas e por diretores da FEB, este apresentou outra proposição com dezoito itens, com os princípios para a união e unificação do Movimento Espírita, e com detalhamentos complementares para o funcionamento do Acordo. Houve aceitação da proposta pelos presentes.1,2,7

Esse Acordo foi registrado como Grande Conferência Espírita do Rio de Janeiro, também chamado “Acordo de Cavalheiros” e cognominado por Lins de Vasconcellos como “Pacto Áureo”.2

            Com base nesse “Pacto” foi instalado em 1o/1/1950 o Conselho Federativo Nacional da Federação Espírita Brasileira (CFN), dirigido pelo presidente da FEB e que vem funcionando ininterruptamente, com representantes das federativas de todos Estados.1,2 Ainda em 1950, efetivou-se a “Caravana da Fraternidade” com a finalidade de divulgar os objetivos da unificação e colher adesões de onze estados do Norte e do Nordeste ao “Pacto Áureo”. Era integrada por representantes de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro; depois juntando-se um representante de Pernambuco. Ao final visitaram Chico Xavier, em Pedro Leopoldo (MG), e receberam duas mensagens psicográficas. Leopoldo Machado fez todos registros, publicados na forma de livro: A caravana da fraternidade.1,2

Vários anos depois, Carlos Jordão da Silva relembrou os bastidores do “Pacto Áureo” em entrevista para o Anuário Espírita 1974:

“Após as reuniões do Congresso Pan-americano e recolhidos todos os participantes das delegações em seus respectivos hotéis, cerca de uma hora da manhã, resolvemos sair para tomar um pouco de ar e dirigimo-nos para determinada praça próxima ao nosso hotel e para a nossa surpresa todas as delegações foram chegando ao mesmo local, como que convocadas por forças invisíveis. Achamos graça por ter o Plano Espiritual nos reunido daquela forma e aquela hora da madrugada e ali mesmo marcamos uma reunido para as 8 horas da manhã, no Hotel Serrador, onde estávamos hospedados, eu e minha Senhora, e, realizada tal reunido, incumbiu-se Artur Lins de Vasconcellos Lopes a tarefa de aproximar-se da FEB para promover o encontro.”1,2,7

Ao analisar, item a item, o “Pacto Áureo” em nosso livro União dos espíritas1,2 concluímos que o “Pacto” deve ser revisto pois seu texto está superado, devendo-se  citar explicitamente a fundamentação em todas obras básicas de Allan Kardec e eliminar vários itens operacionais que podem ter sido adequados para os momentos iniciais, mas atualmente não são aceitáveis. Em nosso entendimento e experiência, o “Pacto Áureo” é importante referencial histórico, mas deve ser revisto para aplicação mais adequada, considerando-se o contexto atual do movimento espírita, os textos sobre o tema alinhavados pioneiramente pelo Codificador e outros de autoria dos espíritos Bezerra e Emmanuel, pela psicografia de Chico Xavier.2

Ao finalizar, cabe a reflexão com que encerramos o livro União dos espíritas2, tendo como sub-título: Para onde vamos?

Referências:

1) Palestra - 70 anos do CBUE e Anais do Congresso Brasileiro de Unificação Espírita. Arquivos digitais no site: usesp.org.br (em Documentos/Documentação histórica).

2) Carvalho, Antonio Cesar Perri. União dos espíritas. Para onde vamos?ed. Capivari: Ed. EME. 2018.

3) Cirne, Leopoldo. Senhor do Mundo. 1.ed. 2a Parte. Rio de Janeiro: Bedeschi. 1935. Edição digital: http://luzespirita.org.br/leitura/pdf/L163.pdf

4) Monteiro, Eduardo Carvalho; Garcia, Wilson. Cairbar Schutel – o bandeirante do Espiritismo. Matão: O Clarim. 1986.

5) Carvalho, Antonio Cesar Perri. Benedita Fernandes – a dama da caridade. Araçatuba: Ed.Cocriação/USE Regional de Araçatuba. 2017.

6) Anais do 1o Congresso Espírita do Estado de São Paulo. São Paulo: USE. 1947.

7) Monteiro, Eduardo Carvalho; D’Olivo, Natalino. USE - 50 anos de unificação. São Paulo: USE. 1997.

---

O autor foi presidente da FEB, da USE-SP e membro da Comissão Executiva do CEI.

(Transcrito de: Revista Internacional de Espiritismo. Matão, Setembro de 2019.P. 404-406).

DE:

http://grupochicoxavier.com.br/uniao-mais-de-um-seculo-de-experiencias/

 

(Recebido  em email de Grupo de Estudos Espíritas Chico Xavier [[email protected]])

 

Palestras sobre os 70 anos do Pacto Áureo na FEB Rio

 

No dia 5 de outubro, das 9h30 às 11h, ocorrerá uma série de palestras  em torno de “Pacto Áureo – 70 anos”, na sede histórica da FEB, localizada na Av. Passos, 30. Desenvolverão os temas Alvaro Chrispino, Lydienio Barreto de Menezes e Humberto Portugal Karl. Mais informações: (21) 3570-8950.

 

 

(Informações em

https://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/palestras-sobre-os-70-anos-do-pacto-aureo-na-sede-historica-da-feb/)

 

Visitas de idosos à FEB

Brasília, DF

 

No dia 6 de outubro, na sede da Federação Espírita Brasileira, em Brasília serão recepcionados 44 idosos, assistidos pela FEB em Santo Antônio do Descoberto (GO). Esta atividade será realizada de forma colaborativa pelas Áreas de Família, Assistência e Promoção Social e Setor de Infância, do Campo Experimental de Brasília. Os idosos serão acolhidos com um café da manhã, organizado e servido pelos participantes do Grupo de Estudos Familiares à Luz do Espiritismo; após este momento, os idosos farão uma Visita Guiada às Instalações da Federação Espírita Brasileira, acompanhados pelos integrantes do Grupo de Estudos e trabalhadores da Federação Espírita Brasileira, que atuam em diferentes atividades: Evangelização Espírita Infanto-Juvenil; Área de Família; Comunicação Social da FEB. Esta atividade ocorre no mês em que é comemorado o dia Nacional do Idoso,  sensibilizando todos quanto à importância do trabalho da Casa Espírita junto às pessoas que chegaram à terceira idade.

 

 

(Informações em https://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/visita-de-idosos-a-feb/)

 

Palestra na Semana do Livro Espírita

homenageia Heigorina Cunha

 

Na XXI Semana Espírita no Grupo Espírita Casa do Caminho, de São Paulo, na tarde do dia 3 de outubro a palestra de Célia Maria Rey de Carvalho (SP) focalizou Heigorina Cunha (de Sacramento, sobrinha de Eurípedes). Também foram homenageados pela efeméride o Codificador e os 48 anos de fundação da Casa do Caminho. Houve apresentação musical. O evento homenageando vultos espíritas brasileiros e com Feira do Livro, prossegue até dia 4 de outubro e serão focalizados: Eurípedes Barsanulfo, Chico Xavier, Batuíra, Maria Dolores e Bezerra de Menezes.

 

 

Casa do Caminho: Celia Rey de Carvalho em palestra da Semana Espírita; Presidente Régis, a expositora Célia Maria e dirigentes durante a apresentação musical; Célia na Feira que homenageia os vultos)

 

(Informações recebidas em email de Grupo de Estudos Espíritas Chico Xavier [[email protected]])

 

Palestra no Núcleo Espírita Chico Xavier

Niterói, RJ

 

Vídeo com Simoni Privato Goidanich

Acesse no link abaixo

 

Neste vídeo, propomos uma reflexão, com base nos documentos oficiais franceses que obtivemos na pesquisa que fizemos pessoalmente nos Arquivos Nacionais da França, em Paris, sobre a edição definitiva da obra "A gênese, os milagres e as predições segundo o espiritismo", de Allan Kardec.

Agradecemos a todas as pessoas que estao participando deste estudo e divulgando os vídeos.

Muita paz, saúde e felicidade a todos

 

https://www.youtube.com/watch?v=8dJJV7_foX8&feature=youtu.be

En este video, proponemos una reflexión, sobre la base de los documentos oficiales franceses que obtuvimos en la investigación que hicimos personalmente en los Archivos Nacionales de Francia, en París, acerca de la edición definitiva de la obra "La génesis, los milagros y las predicciones según el espiritismo", de Allan Kardec.

Agradecemos a todas las personas que han participado en este estudio y divulgado los videos.

Mucha paz, salud y felicidad a todos.

 

Simoni

 

 

Palestra no Núcleo Espírita Chico Xavier

Niterói, RJ

 

 

Programação do Movimento Espírita de

Marília, SP

 

Olá, amigos.

Seguem cartazes divulgando eventos promovidos pelas casas espíritas de
Marília.

Abraços fraternais,

Donizete
 

 

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/b1435555-84c8-47e2-8911-ad2dbeefca9a.jpg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/b5a69c38-d99c-43f1-97c0-3f3f0e769093.jpg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/fc95e5b3-a22e-41a8-8ca4-94349edaa5ba.jpg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/707d0eec-a709-45c9-815f-b40a6fd8a057.jpg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/3d926c29-f9a5-4faf-b597-6d63d2b0cf50.jpeg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/0a150b94-04a9-47c9-8d67-e832ddbae1db.jpg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/9546f7fe-8f70-4f9f-a1f0-d5ba352709a0.jpg

 

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/56cd6338-f36b-4471-9a66-0764fc91a6be.jpg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/f12da051-1095-4e72-bb6e-9530e1eb8333.jpeg

 

https://gallery.mailchimp.com/d69277d71ef735e2f4ac7ff47/images/b62acc87-9d37-4187-9b22-49afe0fd19c7.jpg

 

 

Marcha pela Vida

Fortaleza, CE

 

(Informação recebida em email de Associação Estação da Luz [[email protected]])

 

Palestra no Grupo Socorrista Maria de Nazaré

Boituva, SP

 

(Informação recebida em email de [email protected])

 

Palestra na Sociedade Espírita André Luiz

Porto Feliz, SP

 

(Informação recebida em email de [email protected])

 

Informativo do C.E. Zilda Gama

São Paulo, SP

 

--

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail 
[email protected]  ao seu catálogo de endereços.

Respeitamos a sua privacidade e somos contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, responda esta mensagem  solicitando a retirada do mailing e faremos isso imediatamente.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

CENTRO ESPÍRITA ZILDA GAMA

R. Dr. Cesar Salgado, 238 - Morumbi

[email protected]

 

Nossa missão: "Acolher e auxiliar fraternalmente o indivíduo no seu desenvolvimento espiritual, por meio da Divulgação, do Ensino, da Prática da Doutrina Espírita e das parcerias com grupos terapêuticos de reconhecido valor espiritual"

 

 

Palestra com Emanuel Cristiano

Araraquara, SP

 

 

(Com informações de Sandra Fiore)

 

42ª. Jornada de Confraternização Espírita de

Assis

 

(Informação recebida em email de Francisco Atilio Arcoleze [[email protected]])

 

Seminário de Medicina e Espiritualidade na

Dinamarca

 

(Com informações de Roseli Adorni)

 

Palestras da semana no GEBEM

Guarulhos, SP

 

(Informações em

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2907941962552453&set=pcb.2420366691513051&type=3&theater&ifg=1)

 

FEES. XVII Jornada de Estudo das Obras Básicas e Complementares. Aracaju, SE

 

 

(Informação recebida em email de Emmanuel Correia da Silva [[email protected]om])

 

Pizzada Beneficente do Fraternidade Espírita Gina.

São Paulo, SP

 

(Vide informações em

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10206424002274603&set=gm.486010722231897&type=3&theater)

 

Pensando um mundo de paz

Para estes dias de tanto medo, eu desejaria ser aquele que o pudesse afugentar das mentes e dos corações.

Desejaria que as mães tivessem mais tranquilidade quando deixassem seus filhos na escola, com a certeza de que ali seria um lugar onde nada além das letras, dos números, das linhas retas e curvas, da camaradagem pudesse existir.

Desejaria que enquanto as pessoas se dirigem ao mercado para a aquisição do alimento, não sofressem os sobressaltos das loucuras do trânsito, nem eventuais tentativas de assalto.

Tudo assusta. Tudo atemoriza. Eu desejaria que ao levarmos as crianças para brincar nos parques, não precisássemos estar atentos à maldade de sequestro ou de balas aleatórias, sempre mortais.

Desejaria que no mundo houvesse menos doenças, menos fome, menos ameaças de guerra. Que se falasse mais em construir do que em destruir.

Que se preservassem os monumentos do passado, como a História gravada em pedra a nos dizer do que os nossos antepassados nos deixaram como legado.

Que se preservassem os museus, porque falam dos passos de uma Humanidade que lutou, conquistou, atravessou fases difíceis, mas não esqueceu da arte, nem da ternura.

Então, poderíamos continuar a nos extasiar ante os quadros dos pintores de distantes países ou do nosso próprio.

Poderíamos ler em telas vibrantes o colorido da História e verificar que as cores da guerra não deveriam ser reprisadas, jamais.

Os documentos, as imagens nos falam de períodos insanos de sofrimento, em que irmãos mutilam ou matam seus irmãos.

E, como num altar, faríamos a promessa de lutar pela paz que começa em cada um de nós.

Começa na obediência às leis humanas e divinas. E deixaríamos as armas que matam para abraçar as ferramentas da construção do bem.

Como motoristas, respeitaríamos as leis de trânsito, zelando pela manutenção do veículo de que nos servimos, não ultrapassando a velocidade permitida, aguardando, sem pressa, a nossa vez de trafegar.

Respeitaríamos as pessoas que andam pelas ruas e os que transitamos pelas ruas, teríamos cuidado conosco mesmo, igualmente respeitando as leis, preservando a nossa e a vida do semelhante.

Seria tão bom se em vez de espalharmos tantas notícias alarmantes pelas redes sociais, todas as desavenças e pequenas querelas que nos ocorrem, propagássemos mais o Amor de Deus.

Falássemos mais da esperança do mundo que todos podemos construir juntos, pudéssemos convocar as pessoas a pensar em coisas positivas, a educar bem seus filhos, a espalhar notícias de tantos que vivem o mundo de regeneração, no serviço ao seu semelhante.

Seria tão relevante que convidássemos as pessoas a ter momentos de meditação, momentos para si mesmas, realizando uma viagem interior, para entregar-se Àquele que é nosso Criador, Deus, que a tudo preside e tudo governa.

Seria tão bom se pensássemos mais nEle, na Sua Providência, no Seu Amor.

Nossas vibrações, com certeza, colaborariam imensamente para a melhoria da psicosfera do nosso planeta, tão rico de bênçãos e tão maltratado por nós, física e psiquicamente.

Que tal começarmos hoje a concretizar nosso sonho de paz, de amor, de alegrias?

Redação do Momento Espírita.
Em 4.10.2019.

 

(Copiado do site Feparana)

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/ABRIL/18-04-2019_arquivos/image014.jpg

O Mármore Azul. “The Blue Marble”. Foto colhida pela Apollo 17 aos  07-12-1972.

Imagem/fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/97/The_Earth_seen_from_Apollo_17.jpg

 

" The Blue Marble" é uma fotografia famosa da Terra, realizada em 7 de dezembro de 1972, pela tripulação danave espacial Apollo 17 em rota para a Lua a uma distância de cerca de 29 mil quilômetros (18,000 milhas). Mostra a África , a Antártica e a Península Arábica . (Wikipedia).

 

“Salvator Mundi” (Salvador do Mundo). Óleo sobre madeira de nogueira de Leonardo da Vinci.

Imagem/fonte:

 https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Leonardo_da_Vinci,_Salvator_Mundi,_c.1500,_oil_on_walnut,_45.4_%C3%97_65.6_cm.jpg

 

 

Homenagem

 

Hugo Gonçalves – O “Paizinho de Cambé” *

Entrevista Folha  Espírita

 

Entrevista publicada em 08/2010.

O Sr. Hugo Gonçalves desencarnou

aos 15-10-2013.

 

DSC00115

 

 

 

Hugo Gonçalves

Nasceu em Matão, SP, aos 6 de outubro de 1913

Desencarnou em Cambé, PR, aos 15 de outubro de 2013.

 

cópias das fotos em geral 2 044

Hugo e Dulce. “Paizinho” e “Mãezinha” de Cambe. Arquivo LIMB

PAIZINHO NO SEU MUSEU RECORDA DO PRIMEIRO PRESENTE  UMA MARRETA PARA QUEBRAR PEDRAS AOS 13 ANOS

O primeiro presente aos treze anos: uma marreta. Foto Ismael Gobbo

DSC00144

Hugo na frente do C.E. Allan Kardec. Foto Ismael Gobbo

HUGO COM AS CRIANÇAS DO LAR

“Paizinho” com as crianças. Acervo LIMB

JOAQUIM CAMARGO ISMAEL GOBBO HUGO GONÇALVES E ORSON PETER CARRARA

Joaquim Camargo, Ismael Gobbo, Hugo Gonçalves, Orson Peter Carrara.  Foto Cidinha Michelin

Sesta Lar Inf  Marilia Barbosa

As crianças repousando no Lar Infantil Marília Barbosa. Cambe, PR. Foto de Nery de Lima Pereira

DSC00152

Paizinho descendo escada e carregando o andador aos 97 anos. Foto Ismael Gobbo

 

Em absoluto respeito à sua privacidade, caso não mais queira receber este boletim de notícias do movimento espírita, envie-nos um email solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso endereço: [email protected]