Notícias do Movimento Espírita

Araçatuba, SP, quarta-feira, 24 de abril de 2013

Compiladas por Ismael Gobbo

Agradecemos àqueles que gentilmente repassam este email

 

 

Nota 1

Recomendamos confirmar junto aos organizadores os eventos aqui divulgados. Podem ocorrer cancelamentos ou mudanças que nem sempre chegam ao nosso conhecimento.

 

 

 

Nota 2

Este email é uma forma alternativa de divulgação de noticias, eventos, entrevistas e artigos espíritas. Recebemos as informações de fontes  diversas e fazemos o repasse aos destinatários de nossa lista de contatos. Trabalhamos com a expectativa de que as informações que nos chegam sejam absolutamente espíritas na forma como preconiza o codificador do Espiritismo, Allan Kardec.  Pedimos aos nossos diletos colaboradores que façam uma análise criteriosa e só nos remetam para divulgação matérias genuinamente espíritas. (Ismael Gobbo)

 

 

 

Atenção

Se você tiver dificuldades em abrir o arquivo, recebê-lo incompleto ou cortado e fotos que não abrem, clique aqui: http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/24-04-2013.htm

 

 

 

 

A retomada da pureza

 

Richard Simonetti

richardsimonetti@uol.com.br

 

 

Bem-aventurados os que têm limpo o coração, porque verão a Deus.

(Mateus, 5:8.)

 

            Para que possamos compreender melhor a presença de Deus no Universo, é preciso que superemos a concepção antropomórfica do patriarca sentado no trono celeste a comandar os anjos, deter­minando castigos para os maus e oferecendo aos bons a suprema ventura de contemplá-lo, face a face, por toda a eternidade.

Deus é a Mente Criadora, a Consciência Cósmica que construiu o Universo e sustenta a Vida. Estamos mergulhados em seu seio, segundo André Luiz, como peixes num oceano. Tanto mais próximos estaremos dele quanto maior a nossa capacidade de nos ligarmos aos valores espirituais, já que Deus é Espírito e em Espírito deve ser adorado, conforme ensina Jesus.

Os místicos e os santos, cultivando rigorosa disciplina da mente e do sentimento, conseguem sobrepor-se às limitações da matéria e sentem a gloriosa realidade da presença de Deus no Universo, o que os leva a experimentar sensações de felicidade e de plenitude de vida tão intensas que são verdadeiros êxtases celestes.

Há em homens assim uma consciência tão ampla de inte­ração, de comunhão profunda com a Natureza, que um Francisco de Assis, plenamente integrado na obra da Criação, via irmãos seus nas aves, nos animais, no mar, no rio, na flor, no fruto, no Sol, na Lua, nas estrelas...

Para encetar-se a jornada rumo a tão elevado estágio de espiritualidade, é preciso ter limpo o coração. Poderíamos definir essa pureza como a ausência de sentimentos inferiores — a co­biça, a luxúria, a maldade, o ódio, o ressentimento, a ambição, o orgulho, a vaidade, o egoísmo...

As crianças, não porque detenham a pureza, mas porque os sentimentos inferiores ainda dormitam em seus corações, são mais espontâneas, mais capazes de uma ligação com os valores es­pirituais, revelando, não raro, uma surpreendente religiosidade.

Nossas orações, nos verdes anos da infância e no início da adolescência, são mais puras. Sentimos mais de perto a presença dos Espíritos em nos dirigirmos aos benfeitores espirituais com muita naturalidade. Por isso, assimilamos amplamente a proteção do Céu ao surgirem as dificuldades da Terra.

Com a maturidade física e a integração na vida social, com seus problemas, seus interesses, suas disputas despertam no indi­víduo as tendências inferiores, herança de desatinos passados. E, após um período de conflitos íntimos, nascidos da luta entre os ideais religiosos não bem definidos e amadurecidos e as paixões humanas, arraigadas e fortes em sua personalidade, ele acaba por acomodar-se às próprias fraquezas.

Surge, então, o tipo comum, esmagadora maioria na Terra: o indivíduo que defende o valor do Bem, mas com facilidade se de­tém no Mal. Alguém que acredita em princípios morais, mas nem sempre age com moralidade. Se atrelado à religião, temos nele o fariseu, preocupado com as aparências, sem cuidar da essência.

Há um castigo imposto àqueles que se deixam levar pelas tendências puramente humanas. É a perda da tranquilidade, a in­satisfação crônica, a angústia existencial, marcadas pela incapa­cidade de orar, de sentir a presença da Espiritualidade. E a Vida, assim, torna-se um fardo terrivelmente pesado.

No passado, muita gente tentava adquirir pureza para o cul­tivo da religiosidade autêntica, entregando-se a mortificações não raro caracterizadas por excessos mórbidos. Anacoretas pastavam nos campos, à maneira de animais; outros rolavam nus sobre ar­bustos espinhentos ou viviam em charcos infestados de serpentes. Monges de determinadas ordens passavam a existência em som­brios mosteiros, sem jamais pronunciarem uma única palavra.

Certamente, tudo o que puderam aprender nessas desas­tradas existências foi que ninguém pode encontrar Deus aplican­do agressividade contra si mesmo ou fugindo do convívio social.

A retomada da pureza, para o cultivo da fé autêntica, não pode estabelecer-se em clima de isolamento nem de mortificação. Impossível também retomá-la ao nível da ingenuidade ou da sim­plicidade dos primeiros anos de vida.

Com a Doutrina Espírita aprendemos a retomá-la em níveis mais altos e definitivos, em bases de conscientização, se­guindo os caminhos do trabalho no campo do Bem e do combate sistemático às nossas tendências inferiores. Neste particular, há muitas perguntas que deveríamos formular diariamente:

Quantas horas por dia estamos dedicando à participação em obras assistenciais?

Quantas vezes por semana temos comparecido ao círculo da oração, no templo de nossa preferência, não para receber, mas para oferecer algo, em termos de participação?

Quais os recursos que estamos mobilizando para ajudar a combater a miséria e o infortúnio que grassam na vida social?

Quantas vezes temos calado diante das ofensas alheias?

Quantas vezes temos perdoado aos que nos criticam?

Quantas vezes temos disciplinado a língua, evitando a ma­ledicência?

Quantas visitas temos feito a enfermos e necessitados, atendendo suas necessidades imediatas, levando-lhes consolo e esperança?

O que temos feito para edificar o Bem no mundo? Qual nosso empenho por eliminar o Mal em nós?  

Em se tratando de comunhão com Deus, a presença nos templos, a leitura de textos doutrinários, o estudo, a reflexão, são recursos preciosos. Todavia, representam apenas um planejamento. Para sentir a presença de Deus, precisamos muito mais de fazejamento.

 

 

Estátua de São Francisco de Assis. Cagliari, Sardegna, Itália

Foto Ismael Gobbo

 

 

 

 

Para quem deixou de receber algum dos 10 últimos emails de Noticias do Movimento Espírita abaixo fornecemos os links

 

23-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/23-04-2013.htm

22-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/22-04-2013.htm

20-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/20-04-2013.htm    

19-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/19-04-2013.htm

18-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/18-04-2013.htm

17-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/17-04-2013.htm

16-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/16-04-2013.htm

15-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/15-04-2013.htm

13-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/13-04-2013.htm

12-04-2013     http://www.noticiasespiritas.com.br/2013/ABRIL/12-04-2013.htm

 

 

 

 

 

Registro. Divaldo Pereira Franco em

São Borja, RS

 

 

22 de abril de 2013

Dia ensolarado e com temperatura agradável foi o palco que a natureza preparou para receber o médium e conferencista internacional Divaldo Franco. São Borja, na fronteira oeste do Rio Grande do Sul, recebeu-o com grande amabilidade e afetividade. Antes do almoço houve uma coletiva de imprensa com os seguintes órgãos: Rádio Cultura AM, RBS-TV, Rádio Líder FM, o site FlashSB, Assessoria GPSNet e Portal Espiritismo Sul, do Conselho Regional Espírita da 7ª Região Federativa. A coletiva foi no auditório da Associação Espírita Dr. José Ferreira de Moraes. Divaldo respondeu perguntas que envolveram os aspectos fundamentais da Doutrina Espírita, a felicidade, o destino da humanidade, a solidariedade, a fraternidade, a vivência do amor, a educação de natureza moral, o bom exemplo na prática dos postulados doutrinários como forma de divulgar o espiritismo, criação de hábitos saudáveis, a prática de o Evangelho de Jesus em sua maior pureza, entre outras considerações.

Divaldo Franco no Rio Grande do Sul-22 abril 2013

No período noturno, no Parque de Exposições de São Borja, Divaldo foi recebido por uma multidão formada por cerca de cinco mil pessoas, formada por caravanas de Uruguaiana e Itaqui, entre outras, e naturalmente, da cidade anfitriã. O tema da conferência foi Provas científicas da existência de Deus.

Narrou a história do Bispo Anglicano James Pike, de São Francisco, Califórnia, nos Estados Unidos da América e seu filho desencarnado, vítima do uso de tóxicos. Através dos fenômenos que aconteceram no apartamento em que morou o jovem desencarnado, o Bispo Pike entrou em contato com a mediunidade que possibilitou o intercâmbio comovedor entre o pai e o espírito do jovem.

Nesta narrativa, Divaldo destacou o período de angustia e perturbação do Bispo Pike, que fez indagações profundas sobre Deus, Sua existência e justiça, a imortalidade da alma, a comunicabilidade dos Espíritos, a mediunidade, a toxicomania, o suicídio e os conflitos existenciais de jovens, a educação necessária promovida pelos pais, principalmente a de cunho moral, as condições e a localização do Espírito após a desencarnação – céu ou inferno -, segundo a formação teológica do Bispo Pike.

Destacou o emérito conferencista que Deus é a base fundamental do universo, é amor. Suas considerações foram permeadas de informações sobre a desencarnação, o esforço pela conquista de condições morais elevadas, a valiosa colaboração que o Espiritismo tem apresentada à humanidade em diversas áreas, facultando ao homem descobrir o objetivo ou o sentido para viver bem. Os aplausos e a busca por autógrafos ou contatos breves atestaram o agradecimento que endereçaram à Divaldo, orador incomum que congrega, cativa e esclarece consolando os mais céticos.

Texto: Paulo Salerno

Fotos: Jorge Moehlecke

Um fraterno abraço

 

 

 

 

 

“Juventude e Suicídio” será abordado no Encontro em Família

Madrid, Espanha

 

 

(Informação recebida em email de Claudia Werdine)

Madrid, Espanha, vista desde o topo da  Catedral de Santa Maria a Real de Almudena. Foto Ismael Gobbo

 

 

 

 

Palestras programadas com Vinicius Lara e

Richard Simonetti. Araçatuba e região

 

 

(Informações recebidas em emails de USE Intermunicipal de Araçatuba USE Araçatuba [use.aracatuba@gmail.com]; de Juliana Berce e  de Maria José de Almeida)

 

 

 

 

Registro. Encerramento da XI Semana Espírita de

Getulina, SP

 

Estivemos na noite desta segunda-feira, 22/4/2013, no Centro Espírita Fé, Amor e Justiça,  onde participamos da programação da XI Semana Espírita que enfocou “Allan Kardec e suas obras”.  .  Na palestra relembramos Kardec, os 156 anos da Doutrina Espírita e mais detalhadamente da obra “O Evangelho Segundo o Espiritismo” que completará 150 anos em 2014.  (Ismael Gobbo)

 

C.E. Fé, Amor e Justiça, Getulina, SP

Waldomiro B.  Bana, Presidente do C.E. Fé, Amor e Justiça, na apresentação.

Ismael Gobbo em sua fala.

 

 

 

Programação de palestras públicas no mês de maio/2013  no NEOVE

Carapicuiba, SP

 

 

 

(Informação recebida em emails de Oliveira, Valdeni [valdeni.oliveira@videojet.com] e de Regina Bachega)

 

 

 

 

Programação de palestras no C.E. Casa Branca do Caminho

São Paulo, SP

 

27-04 - 9h00 -  Seminário com Pedro Camilo - Tema: Mediunidade para entender e refletir

 

02-05 - 20h00 - Palestra com Manolo Quesada - Tema: O Amor esta no Ar

 

09-05 - 20h00 - Heloisa Pires

 

16-05 - 20h00 - Allan Vilches - Tema: Harmonia Interior

 

23-05 - 20h00 - Izildinha Carelli - Tema: Parábola do Joio e do Trigo

 

Centro Espírita Casa Branca do Caminho

Rua Nossa Sra. dos Anjos, 699, Vila Mafalda, São Paulo

Prox. ao Shopping Anália Franco e ao Perseverança

 

Edson

97675-0064

 

(Informação recebida em email de EDSON PINHEIRO DE BRITO [epbrito1@gmail.com])

 

 

 

 

Palestra com Dra. Deusa Samu na UNIFESP

São Paulo, SP

 

 

(Informação recebida em email de Nucleo Universitário de Saúde e Espiritualidade UNIFESP [nuse.unifesp@gmail.com])

 

 

 

 

“Conversando sobre a morte” na Comunidade Eurípedes Barsanulfo

Marilia, SP

 

(Informação recebida em email de Donizete Pinheiro)

 

 

 

 

Ciclo de Palestras Espíritas- CEJ

Salto, SP

 

 

(Informação recebida em email de Sonia [sonia-radica@uol.com.br])

 

 

 

 

Palestra com Alexandre Perez vai abordar “Homossexualidade”

Marilia, SP

 

(Informação recebida em email de Donizete Pinheiro)

 

 

 

 

Palestra no C.E. Capitão Vendramini em

Três Corações, MG

(Informações recebidas em email de Centro Espírita Capitão Vendramini [cevendramini@gmail.com])

 

 

 

 

Palestra vai abordar “Stress”. Abrape/SP

São Paulo, SP

(Informação recebida em email de ABRAPE [abrape@abrape.org.br])

 

 

 

 

Palestra em comemoração aos 87 anos do

Centro Espírita Yvon Costa. Belém, PA

 

(Informação recebida em email de uep.decom [uep.decom@paraespirita.com.br])

 

 

 

II Seminário CEECAL- Distúrbios Emocionais

Florianópolis, SC

 

(Informação recebida em email de eventosespiritas@grupos.com.br; em nome de; ABRADE [abrade@abrade.com.br])

 

 

 

 

Palestras com Pedro Camilo

São Paulo e Santo André, SP

 

 

(Informação recebida em email de Regina Bachega)

 

 

 

 

Curso de Passe e Visita a Lares e Hospitais

Poços de Caldas, MG

 

 

CONVITE

 

O C.E.UNIÃO FRATERNAL

 

RUA PARAÍBA, 295 - CENTRO

 

CONVIDA OS (AS) AMIGOS (AS) PRA PARTICIPAREM DO

 

'CURSO DE PASSE E VISITA A LARES E HOSPITAIS'

 

DIA/HORÁRIO:

 

04/05/2013 (SÁBADO) - DAS 14:00 ÀS 18:00

 

NB: NÃO É NECESSÁRIO EFETUAR INSCRIÇÃO!

 

CONTAMOS COM SUA PARTICIPAÇÃO

E GENTILEZA NA DIVULGAÇÃO!

 

(Informação recebida em email de Domingos B.Rodrigues [domrodr@gmail.com])

 

 

 

 

Palestra com Dr. Izaías Claro

Getulina, SP

 

Data: 4 de junho de 2013

Horário: 20 horas

Local: Centro Espírita Fé, Amor e Justiça

Endereço: Rua Wenceslau Braz, 954, Getulina,  SP

Tema: Viva Mais - Vença e Previna a Depressão

(Informações fornecidas por Waldomiro Bana)

 

 

 

 

Informativo Semanal Seara do Mestre

São Paulo, SP

 


Reserve já seu convite para nossa deliciosa Feijoada em 26/05!!! Maiores informações na Secretaria do Seara.

 

PALESTRA MENSAL - 2013

 

 

 

 

 

Reuniões Públicas

 

 

 

 

 

DATA

PALESTRANTE

TEMA

 

 

 

 

 

23/04/13

20h

  Cilene

Amai os vossos inimigos

26/04/13

20h

  Maria Nanci

  Pactos, talismãs e feitiços

27/04/13

sáb

9h

Marcio

    Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita

 

27/04/13

sáb

15h  

Aurélio

   Honra a teu pai e tua mãe

Avisos

 

Nossa Assistência Social conta com sua colaboração!!!

 

Reserve já seu convite para nossa deliciosa feijoada no dia 26/05. Convites a venda na Secretaria por apenas R$ 25,00

 

--

 Centro Espírita Seara do Mestre
R. Carlos Roberto Cavanhas, 392 - V. Rubi
São Paulo - SP
04823-120

 

(Informação recebida em email de Seara do Mestre [searadomestre@gmail.com])

 

 

 

 

Palestra no Grupo Espírita Caminho de Luz com

Marilete Vieira T. Zampar. Guaranésia, MG

 

 

(Informação recebida em email de Fabiana Pacheco [fabspacheco@hotmail.com])

 

 

 

 

2º. Fórum da Mocidade Espírita na FEESP

São Paulo, SP

 

 

(Informação recebida em email de Infanciamocidade - FEESP [infanciamocidade@feesp.org.br])

 

 

 

 

 

 

Bazar de Artesanato Beneficente da

Aliança Espírita Varas da Videira. Araçatuba, SP

 

BAZAR DE ARTESANATO                           

NOVIDADES COM ÓTIMOS PREÇOS

TOALHA DE MESA, ARTESANATO EM GERAL.

DIAS: 04  de MAIO DE 2013

HORÁRIO: Das: 9,30 às 17:00 HORAS

LOCAL: SALÃO DE FESTA MAÇONARIA TUPY

RUA:BANDEIRANTES/TIRADENTES-CENTRO

AGUARDAMOS SUA VISITA

COLABOREM COM A CASA DA CARIDADE

NÃO PERCAM  !!!

 

(Informação recebida em email de Maderlene de Almeida Yamada)

 

 

 

 

Almoço Fraterno Beneficente

Florianópolis, SC

 

(Informação recebida em email de Listao [listao-bounces@cre14sc.org.br]; em nome de; Edison 14ªURE/FEC [edison@ure14sc.org.br])

 

 

 

 

Programa: O Espiritismo Ensina

Web Rádio Umen

 

O Espiritismo Ensina

 

Queridos amigos, não percam o nosso encontro semanal através do programa “O Espiritismo Ensina” que vai ao ar todas as terças-feiras das 17:00 às 18:30h., pela WEB Rádio UMEN no endereço: http://www.umen.org.br

Suzane Câmara e Francisco Rebouças

O ESPIRITISMO ENSINA, é produzido, coordenado e apresentado por Francisco Rebouças e Suzane Câmara.


Você pode participar do programa enviando sua mensagem pelo e-mail:

participeumen@hotmail.com

Teremos o maior prazer em ler sua mensagem ao vivo. Participem, divulguem!!!

Francisco Rebouças

 

(Informação em email de Jfcr Espiritista [mailto:jfcrjfcr@gmail.com]  repassado por eventosespiritas@grupos.com.br; em nome de; ABRADE [abrade@abrade.com.br])

 

 

 

 

Álbuns de fotos postados na Rede Amigo Espírita

Auriflama, SP

 

1º ENCONTRO REDE AMIGO ESPIRITA

 https://plus.google.com/photos/114906322538590954316/albums/5869771601522719697

 

 

 

4º ENCONTRO CHICO XAVIER EM JALES

https://plus.google.com/photos/114906322538590954316/albums/5869744913801784833

 

 

 --
 

Rede Amigo Espírita

www.redeamigoespirita.com.br

 

 

 

 

Boletim Informativo do CEIJ

Santos, SP

 

Acesse aqui:

http://www.ismeniadejesus.org.br/ceij/boletins/Boletim_250_bim.pdf

 

 

 

 

 

 

Moção de repúdio à posição do CFM

 

Dra. Marlene Nobre

 

Em nome da Associação Médico-Espírita do Brasil (AME-Brasil) expresso a minha indignação e a dos médicos que represento diante do posicionamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) que se manifestou favoravelmente ao aborto até as 12 semanas de gestação, caso a mãe assim o deseje.

Ao contrário do que foi anunciado, o tema não foi amplamente debatido entre os médicos. Em nenhum momento fomos notificados de que o CFM pretendia apresentar tal posicionamento.

É de se ressaltar que no “I Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina”, onde foi feita a votação, e mesmo no site da Instituição, não houve anúncio de nenhuma notícia sobre o assunto, apenas foi passada a informação de que haveria uma mesa redonda “Aborto e Desigualdade Social”. Nada mais.

Isso pode se acompanhar e constatar em http://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=23610:belem-sedia-debates-polemicos-no-i-encontro-nacional-dos-conselhos-de-medicina-2013&catid=3:portal

Conclui-se que não houve transparência do CFM nessa tomada de posição de magna importância para os destinos da nação brasileira, nem tampouco no anúncio da votação e no modo como foi feita. Não se respeitou a tradição médica do nosso país que sempre lutou em defesa da vida. Tudo leva a crer que foi manobra política de uma minoria que não tem representatividade para falar em nome de 400 mil médicos.

A nosso ver, as consciências humanas têm um compromisso fundamental com a verdade, por isso devem mergulhar fundo no estudo do extraordinário fenômeno da vida, em busca do seu real significado, sem aceitar o raciocínio dogmático reducionista, que tenta encarcerá-lo num mero jogo de palavras, ao invés de discutir as inúmeras incógnitas para as quais a ciência materialista não tem respostas.  

Aos menos avisados que, preconceituosamente, procuram desqualificar os nossos argumentos contra o aborto como sendo de mentalidades religiosas, temos a dizer que, embora os consideremos legítimos, podemos até mesmo abdicar deles para demonstrar através de pesquisas científicas, e não de suposições, que a vida não só é um bem indisponível, mas que há vida indisponível no embrião e no feto. 

O pluralismo democrático diz respeito à convivência de opiniões, comportamentos e posições ideológicas distintas no seio de uma comunidade, porém não à prática de delitos em seu nome. Esta é nossa resposta aos que nos dizem que o aborto é um direito da mulher. Não existe engano maior. Tirar a vida de alguém é crime. A mulher, tanto quanto a equipe médica, o Estado, ou o companheiro, não tem esse direito. E o Ordenamento Jurídico Brasileiro reconhece a nossa posição.

O artigo 5º da Constituição Brasileira garante a inviolabilidade do direito à vida, defendendo-o como bem fundamental do ser humano. É certo que o artigo 4º afirma que a personalidade civil do homem começa no nascimento com vida, mas a lei põe a salvo que ela deve ser defendida desde a concepção. (Código Civil, lei federal 3071). E mais, a Convenção Americana sobre Direitos Humanos, celebrada na Costa Rica, em 22 de novembro de 1969, deixou claro, no chamado Pacto de São José da Costa Rica, assinado por inúmeros países, entre os quais o Brasil, que esse direito deve ser protegido, desde o momento da concepção. A Lei Maior de nosso país espelha, portanto, a vocação pacífica do nosso povo, uma vez que este, em sua imensa maioria, já se manifestou contrariamente ao aborto, que é uma das maiores violências que se pode cometer contra o ser humano.

Insistimos que é preciso buscar na Ciência as respostas à pergunta essencial: “Onde começa a vida?”. Embora a ciência não explique como uma célula unidimensional (zigoto) produz um bebê tridimensional, não saiba, portanto, quais os processos que regulam os embriões, ela já nos oferece inúmeros argumentos para sermos contra o aborto. É o que faremos a seguir, daremos em rápidas pinceladas alguns desses argumentos.

 Aprendemos nos melhores tratados de embriologia que a vida é um continuum que vai do zigoto (célula-ovo) ao velho, sem solução de continuidade. Ainda que existam vozes discordantes, este é um forte argumento científico em favor do respeito à vida desde a concepção. Sendo a vida um bem indisponível, atentar-se contra ela, seja em que fase for, é crime. Além disso, sendo possível demonstrar que o embrião tem vida, não haveria heresia maior do que se considerar o aborto um direito da mulher. Cairia, automaticamente, por terra, sua propalada autonomia para decidir quanto à interrupção da gravidez. Nem a gestante e nem ninguém pode decidir quem vive e quem morre.

 Mas esse não é o único argumento da Ciência em defesa da vida. Há muitos mais.

 Embora concordemos com alguns fundamentos da Teoria neodarwinista da evolução das espécies e os adotemos, constatamos que ela tem muitas falhas. A principal delas é ancorar no acaso as explicações da evolução das espécies. O acaso não explica a vida. Dois físicos conceituados, Igor e Grichka Bogdanov, juntamente com matemáticos do CERN, o mais importante Centro de Pesquisas da Europa em Física das Altas energias, demonstraram que é impossível juntar em uma célula, por acaso, as duas mil enzimas de que ela tem necessidade para funcionar. Embora sejam verdadeiras e de fato tenham ocorrido, as mutações e a seleção natural são insuficientes para explicar a evolução das espécies. O acaso, por si só, não tem o poder de organizar e conduzir. A evolução das espécies deu-se de forma ordenada, obedecendo a um projeto altamente inteligente, desde os cristais, as bactérias e amebas até o ser humano. O ser vivo é uma ilha de organização em meio ao caos. Uma célula tem arranjo inteligente das partes. Ela foi planejada. Recentemente, estudos bioquímicos da célula revelaram que há, nela, um arranjo intencional das partes, com indícios claros de que foi planejada. Essas e outras pesquisas científicas tem apontado para a existência de um Planejador Inteligente, o Grande Doador a quem chamamos Deus.   

A ciência diz que a célula-ovo não é um amontoado de células descartáveis. A vida de um novo ser tem início nela e prossegue, sem parar, em um movimento continuo do embrião ao velho, sendo que todo o padrão tetradimensional do novo ser está contido no zigoto.

A célula-ovo tem DNA próprio, fruto da união do gameta masculino com o feminino. Recebe, é obvio, os genes da mãe, mas seu genoma é bem diferente. A mãe hospeda o novo ser, mas o feto não faz parte intrínseca do seu corpo. Para não ser expulso como corpo estranho pelo sistema de defesa do organismo materno o feto produz substâncias que o mantém vivo, durante a gestação, estabelecendo-se um acordo tácito entre hóspede e hospedeira. Prova cabal de que são dois seres distintos.

Estudos realizados desde a década 1970 sobre psiquismo fetal demonstram que a memória está presente, antes da formação do cérebro, desde o início da gestação, e que o embrião é capaz de comandar sua própria mente, adaptar-se e adequar-se a situações novas.

O embrião tem, portanto, vida própria, independente da mãe. De forma alguma, o aborto pode ser considerado um direito da mulher.

 O aborto é uma das formas mais sangrentas de violência, porque o ser em formação não tem como se defender. E a mulher que recebeu do Ser Supremo a missão transcendente de gerar vidas, comumente, não se deixa aprisionar pela visão hedonista que impera no mundo. Sobretudo, quando ela vê as imagens do feto em gestação, quando acompanha os batimentos do coraçãozinho de seu filho a partir das três primeiras semanas. Não, ela não pensa em aborto. O que a gestante precisa é de amparo à maternidade, de esclarecimentos quanto ao uso de métodos anticoncepcionais confiáveis e de vias fáceis de acesso a eles, para que possa planejar sua família.  Uma sociedade organizada, segundo as leis fundamentais da vida obrigatoriamente deve ter o amor na sua base de sustentação. Entre outras ações, tem o dever de cuidar da educação de crianças e jovens, dar todo o apoio à maternidade e à paternidade responsáveis, além de cuidar dos que trabalharam uma vida toda e tem de ser amparados na velhice.

A sociedade que apela para o aborto declara-se falida em suas bases educacionais, porque dá guarida à  violência no que ela tem de pior, que é a pena de morte para inocentes.  Compromete, portanto, o seu projeto mais sagrado que é o da construção da paz.

Espero, caros colegas, que nos unamos para que a nossa nação não tenham falidas as suas bases educacionais. Espero vê-los todos lutando em defesa da vida e da paz.

 

Marlene Nobre

Presidente da Associação Médico-Espírita do Brasil

 

 

(Texto recebido em email de Giovana Campos)

 

 

 

Nota: Todas as notícias deste e de emails anteriores estão postadas no blog: http://ismaelgobbo.blogspot.com e no site www.noticiasespiritas.com.br. O trabalho é totalmente gratuito e desenvolvido com o concurso de colaboradores voluntários. 

 

 

 

Em absoluto respeito à sua privacidade, caso não mais queira receber este boletim de notícias do movimento espírita, envie-nos um email solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso endereço: igobi@uol.com.br

 

 

 

Editoração e envio: Ismael Gobbo, Araçatuba, SP. Gislaine Pascoal Yokomizo e Leonardo Yokomizo, Jacareí, SP