Notícias do Movimento Espírita

São Paulo, SP, terça-feira, 02 de junho de 2020

Compiladas por Ismael Gobbo

 

 

 

Notas

1. Recomendamos confirmar junto aos organizadores os eventos aqui divulgados. Podem ocorrer cancelamentos ou mudanças que nem sempre chegam ao nosso conhecimento.

2. Este e-mail é uma forma alternativa de divulgação de noticias, eventos, entrevistas e artigos espíritas. Recebemos as informações de fontes  diversas via e-mail  e fazemos o repasse aos destinatários de nossa lista de contatos de e-mail. Trabalhamos com a expectativa de que as informações que nos chegam sejam absolutamente espíritas na forma como preconiza o codificador do Espiritismo, Allan Kardec.  Pedimos aos nossos diletos colaboradores que façam uma análise criteriosa e só nos remetam para divulgação matérias genuinamente espíritas.

 

3. Este trabalho é pessoal e totalmente gratuito, não recebe qualquer tipo de apoio financeiro e só conta com ajuda de colaboradores voluntários. (Ismael Gobbo).

 

 

 

Atenção

Se você tiver dificuldades em abrir o arquivo, recebê-lo incompleto ou cortado e fotos que não abrem, clique aqui:


http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JUNHO/02-06-2020.htm

 

No Blog onde é  postado diariamente:

http://ismaelgobbo.blogspot.com.br/

 

Ou no Facebook:

https://www.facebook.com/ismael.gobbo.1

 

   

   

Os últimos 5 emails enviados     

 

DATA                                       ACESSE CLICANDO NO LINK

 

01-06-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JUNHO/01-06-2020.htm

30-05-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/MAIO/30-05-2020.htm

29-05-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/MAIO/29-05-2020.htm

28-05-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/MAIO/28-05-2020.htm

27-05-2020     http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/MAIO/27-05-2020.htm

 

 

Publicação em sequência

Revista Espírita – Ano 7 - 1864

 

 

 

 

 

(Continua na próxima postagem)

 

 

(Copiado do site Febnet)

Ligações Ficheiro: Vallee d'Ossau.JPG

 O vale de Ossau, nos Pirineus franceses. Fonte/autor: Willtron

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Vallee_d%27Ossau.JPG

 

Os Pirenéus (pt) ou Pireneus (pt-BR) são uma cordilheira no sudoeste da Europa cujas montanhas formam uma fronteira natural entre a França e a Espanha. Separam a Península Ibérica da França, e estendem-se por aproximadamente 430 km, desde o golfo da Biscaia, no oceano Atlântico, até ao cabo de Creus (extremo oriental da Espanha continental), no mar Mediterrâneo.

Na sua maior parte, a crista principal dos Pirenéus forma a fronteira franco-espanhola, com o principado de Andorra incrustado entre seus dois grandes vizinhos. A principal exceção a esta regra é o vale de Aran, que pertence à Espanha mas se situa na face norte da cordilheira. Outras anomalias orográficas incluem a Cerdanha (único vale dos Pirenéus no sentido leste-oeste) e o enclave espanhol de Llívia (completamente cercado por território francês).

gentílico de Pirenéus é "pireneu"; há, ainda, o adjetivo "pirenaico".[1]

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Piren%C3%A9us

Mapa topográfico dos Pirineus.

Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pyrenees_topographic_map-fr.svg

Antigo posto fronteiriço da fronteira franco-espanhola. Autor: França64160

Copiado de:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ancien_poste_fronti%C3%A8re_au_col_du_Pourtalet_(c%C3%B4t%C3%A9_espagnol).jpg

As montanhas dos Pirenéus (centro) agem como uma fronteira natural entre a França ao norte e a Espanha ao sul. Nesta imagem do MODIS de 18 de janeiro de 2002, eles estão cobertos de neve (vermelho brilhante na imagem de cores falsas). No canto superior esquerdo, os trilhos são visíveis sobre o Golfo da Biscaia, que, ao longo da costa francesa, percorre quilômetros e quilômetros de praias de areia branca. NASA. Fonte: http://visibleearth.nasa.gov/view_rec.php?id=2690

Copiado de https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pyrenees_Mountains_view_from_satellite.jpg

Barcelona em 1563.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Barcelona

 

 

Barcelona (em catalãoAFI[bərsəˈɫonə]; em castelhanoAFI[barθeˈlona]) é a capital da comunidade autônoma da Catalunha no Reino de Espanha, bem como o segundo município mais populoso do país, com uma população de 1,6 milhão dentro dos limites da cidade.[2] A sua área urbana se estende para além dos limites administrativos da cidade com uma população de cerca de 4,7 milhões de pessoas,[3] sendo a sexta área urbana mais populosa da União Europeia, depois de ParisLondresMadriRuhr e Milão.[4] É a maior metrópole do Mar Mediterrâneo, localizada na costa entre as foz dos rios Llobregat e Besòs, e limitada ao oeste pela Serra de Collserola, cujo pico mais alto é de 512 metros de altura.

Fundada como uma cidade da Roma Antiga, durante a Idade Média Barcelona tornou-se a capital do Condado de Barcelona.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Barcelona

Santa Catarina de Siena exorcizando uma mulher possuída. Pintura de Girolamo di Benvenuto

Imagem/fonte:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:%27St._Catherine_of_Siena_Exorcising_a_Possessed_Woman%27,_painting_by_Girolamo_di_Benvenuto.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/OUTUBRO/15-10-2018_arquivos/image009.jpg

Uma pintura de Goya, com  São Francisco Bórgia,  fazendo um exorcismo. Óleo sobe tela por volta de 1788.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:St._Francis_Borgia_Helping_a_Dying_Impenitent_by_Goya.jpg#/media/File:San_Francisco_de_Borja_y_el_moribundo_impenitente.jpg

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/4/4e/The_Canaanite_%28or_Syrophoenician%29_woman_asks_Christ_to_cure_Wellcome_V0034860.jpg/795px-The_Canaanite_%28or_Syrophoenician%29_woman_asks_Christ_to_cure_Wellcome_V0034860.jpg

A mulher cananita (ou siro-fenícia) pede ao  Cristo para curar sua filha possuída; ela aponta para um cachorro, ao qual ela se compara. Gravura por P. del Po depois de Annibale Carracci.

Copiado de: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Canaanite_(or_Syrophoenician)_woman_asks_Christ_to_cure_Wellcome_V0034860.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/MAIO/19-05-2018_arquivos/image014.jpg

Estátua  “La Violetera”  em homenagem a  Sarita Montiel. Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

 

OUÇA "LA VIOLETERA"  COM SARITA MONTIEL

https://www.youtube.com/watch?v=shGQy-HRNcc

 

Via de Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

Torre Glòries. Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

 

 

Torre Glòries localiza-se na cidade de Barcelona, na Espanha.[1]

Eleva-se a cerca de cento e quarenta e dois metros de altura. Na sua construção foram utilizados diversos materiais. Até ao piso 26, em que o edifício apresenta a forma de um cilindro, é essencialmente constituído por cimento e vidro. A partir do vigésimo sexto andar até à cúpula foram utilizados aço e vidro. A superfície do edifício é constituída por placas de alumínio coloridas.

Esta torre, construída pelo arquitecto Jean Nouvel, pertence à Companhia das Águas de Barcelona.

É o terceiro edifício mais alto da capital catalã, a seguir ao Hotel Arts e à Torre Mapfre.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_Gl%C3%B2ries

Via de Barcelona com a  Torre Glòries ao fundo. Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MARCO/21-03-2019_arquivos/image013.jpg

Auto de fé de Barcelona com  queima de livros espíritas aos 9 de outubro de 1861.

Imagem/fonte: https://useece.blogspot.com.br/2011/10/onde-ocorreu-o-auto-de-fe-de-barcelona.html

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/NOVEMBRO/30-11-2018_arquivos/image054.jpg

Amalia Domingo Soler,  vulto de escol  do Espiritismo na Espanha.

Imagem/fonte: https://es.wikipedia.org/wiki/Amalia_Domingo_Soler#/media/File:Amalia_Domingo_Soler.jpg

 

Amalia Domingo Soler (Sevilha10 de novembro de 1835 - Barcelona29 de abril de 1909) foi uma escritoracostureira e grande expoente do movimento espírita espanhol, pela sua atuação como divulgadora e médium psicógrafa.

No Brasil é muito conhecida pelo seu livro "Memórias do Padre Germano", ditado pelo seu guia espiritual, Padre Germano. Seus escritos destacam-se pelo estilo poético e leve.

É também caracterizada pelas inúmeras dificuldades que suportou com força e coragem.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Amalia_Domingo_Soler

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/NOVEMBRO/30-11-2018_arquivos/image057.jpg

Barcelona, Espanha. Foto Lucas Gobbo.

Cidade onde Amalia Domingo Soler  viveu de 1876 até sua desencarnação em 1909. Nela foi sepultada. 

 

https://www.noticiasespiritas.com.br/2016/MARCO/21-03-2016_arquivos/image029.jpg

Vídeo: Atualidade do exemplo de

José María Fernández Colavida. (em espanhol)

 

Actualidad del ejemplo de José María Fernández Colavida

 

Se encuentra disponible, en Youtube, una breve reflexión sobre la actualidad del ejemplo de José María Fernández Colavida, el "Kardec español":

 

https://www.youtube.com/watch?v=2gLmiMoKLKk

 

Mucha paz y felicidad a todos.

 

Simoni

 

(Informações de Simoni Privato Goidanich)

 

Flores. Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

 

Ante o divórcio

 

Pelo Espírito Emmanuel.

Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Encontro Marcado. Lição nº 51. Página 154.

 

Toda perturbação no lar, frustrando-lhe a viagem no tempo, tem causa específica.

Qual acontece ao comboio, quando estaca indebitamente ou descarrila, é imperioso angariar a proteção devida para que o carro doméstico prossiga adiante.

No transporte caseiro, aparentemente ancorado na estação do cotidiano (e dizemos aparentemente, porque a máquina familiar está em movimento e transformação incessantes), quase todos os acidentes se verificam pela evidência de falhas diminutas que, em se repetindo indefinidamente, estabelecem, por fim, o desastre espetacular.

Essas falhas, no entanto, nascem do comportamento dos mais interessados na sustentação do veículo ou, propriamente, do marido e da mulher, chamados pela ação da vida a regenerar o passado ou a construir o futuro pelas possibilidades da reencarnação no presente, falhas essas que se manifestam de pequeno desequilíbrio, até que se desencadeie o desequilíbrio maior.

Nesse sentido, vemos cônjuges que transfiguram conforto em pletora de luxo e dinheiro, desfazendo o matrimônio em facilidades loucas, como se afoga uma planta por excesso de adubo, e observamos aqueles outros que o sufocam por abuso de sovinice; notamos os que arrasam a união conjugal em festas sociais permanentes e assinalamos os que a destroem por demasia de solidão; encontramos os campeões da teimosia que acabam com a paz em família, manejando atitudes do contra sistemático, diante de tudo e de todos; e identificamos os que a exterminam pelo silêncio culposo, à frente do mal; surpreendemos os fanáticos da limpeza, principalmente muitas de nossas irmãs, as mulheres, quando se fazem mártires de vassoura e enceradeira, dispostas a arruinar o acordo geral em razão de leve cisco nos móveis, e somos defrontados pelos que primam no vício de enlamear a casa, desprezando a higiene.

Equilíbrio e respeito mútuo são as bases do trabalho de quantos se propõem garantir a felicidade conjugal, de vez que, repitamos, o lar é semelhante ao comboio em que filhos, parentes, tutores e afeiçoados são passageiros.

Alguém perguntará como situaremos o divórcio nestas comparações.

Divorciar, a nosso ver, é deixar a locomotiva e seus anexos.

Quem responde pela iniciativa da separação decerto que larga todo esse instrumental de serviço à própria sorte e cada consciência é responsável por si.

Não ignoramos que o trem caseiro corre nos trilhos da existência terrestre, com autorização e administração das Leis Orgânicas da Providência Divina e, sendo assim, o divórcio, expressando desistência ou abandono de compromisso, é decisão lastimável, conquanto às vezes necessária, com raízes na responsabilidade do esposo ou da esposa que, a rigor, no caso, exercem as funções de chefe e maquinista. 

 

 

 

(Texto recebido em email do divulgador Antonio Sávio, de Belo Horizonte, MG)

IMG_4250

“Bodas de  Caná” em gigantesco quadro de Paolo Veronese. Museu do Louvre, Paris, França. Foto Ismael Gobbo.

O mercado de casamento da Babilônia . Pintura de Edwin Long. 1875.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Babylonian_marriage_market.jpg

O casamento arranjado. Óleo sobre tela de Vasili Vladimirovich Pukirev

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:V.V.Pukirev_-_The_Arranged_Marriage.jpg

Casamento à  la moda: Acordo de casamento. Óleo sobre tela de William Hogarth.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Marriage_A-la-Mode:_1._The_Marriage_Settlement

Arquivo: Moshe Rynecki- Le Get (divórcio) .jpg

Pintura de Moshe Rynecki - The Get (divórcio)

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Moshe_Rynecki-_Le_Get_(divorce).jpg

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/06/Raffaello_-_Spozalizio_-_Web_Gallery_of_Art.jpg

“O casamento da virgem”. Óleo no painel de Rafael.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Raffaello_-_Spozalizio_-_Web_Gallery_of_Art.jpg

http://www.noticiasespiritas.com.br/2017/DEZEMBRO/25-12-2017_arquivos/image019.jpg

Jesus em casa com a família. Óleo sobre tela de Sir John Everett Millais. Imagem: http://en.wikipedia.org/wiki/File:Sir_John_Everett_Millais_002.jpg

 

A barreira lingüística

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/ABRIL/14-04-2018_arquivos/image015.jpg

Aylton Paiva – [email protected]

 

No início de suas considerações sobre as surpresas do retorno ao Mundo Espiritual, o Espírito Francisco Valdomiro Lorenz, eminente espirita e esperantista, assim se pronuncia: “Despertando, fora da roupagem constringente do corpo físico, e sobrepondo-nos à comoção natural do processo liberatório da alma, insopitável anseio de expansão nos excita.

            ... Conhecer, enfim, a Terra. Auscultar-lhe a ancianidade e a grandeza! Penetrar a cultura dos povos e sentir-lhes de perto o conjunto de tradições e lendas, crenças e costumes. Não apenas escutar as palavras que se pronunciam agora nas ruinas de Tebas ou nos templos de Benares, nas ruas de Atenas ou nos santos lugares de Jerusalém, na relíquias de Roma ou nos campos da França, mas também assinalar, de viva voz, os apontamentos dos arquivistas do espírito, que velam pela sabedoria do Egito e protegem o Mânava Dharma Sastra ou as Leis de Manu da Índia Bramânica, que sustentam  os registros das anotações de Sócrates e das lições originais de Jesus, e que nos poderão velar os editos dos imperadores romanos e repetir as palavras de Vercingétorix, o herói gaulês,  quando se rendeu aos soldados de Júlio César para adornar-lhe o triunfo!...

 Quem na euforia do veículo espiritual rarefeito, não aspirará a transportar-se, de surpresa em surpresa, nos domínios da inteligência, como falena, ébria de liberdade e de luz, volitando de flor em flor. (Esperanto como revelação, pág. 132, Editora IDE)

            Sim! As palavras de Lorenz, após sua libertação do corpo físico, são deveras emocionantes e sonho daqueles que buscam o saber, a cultura, a verdadeira História, e a arte.

            Contudo, prosseguindo na manifestação das suas lúcidas impressões estabelece um limite: “Na esfera imediata à moradia humana, porém, o problema da linguagem é daqueles que mais nos afligem o senso íntimo.” (Idem, pág.134 )E prossegue analisando a sublimidade da comunicação e da arte nos elevados planos espirituais, contudo estão muito além do nosso atual estágio evolutivo espiritual.

            Continuando nessas reflexões conclui: “Ainda aqui, aos milhões, não obstante se nos descerremhorizontes renovadores, achamo-nos separados pela barreira linguística.” (Idem pág. 134)

            Sentimos, assim, que a admirável chave do Esperanto é instrumento para facilitar a comunicação no mundo físico, como, também, em parte do mundo espiritual.

            Daí Jesus ter convidado seu discípulo Lazaro Luiz Zamenhof, gênio da fraternidade humana, para revelá-lo ao mundo físico, no momento oportuno, para facilitar a comunicação entre osseres humanos.

FACILIDADES DO ESPERANTO

            O acento tônico, no idioma Esperanto, sempre cai na penúltima silaba da palavra. Exemplo: amo,karitato, kompatemo. Em Português pode cair na última, penúltima ou antepenúltima: café, mesa, ética.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

Vidukun boneco kajaŭdukun logico.

Veja com bondade e ouça com lógica.

(Verdasignalo, pág. 39. Ed. CEC)

 

 

Ficheiro:Leon Cogniet - Jean-Francois Champollion.jpg

O célebre Jean François Champollion  Pai dos Hieróglifos

Imagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Leon_Cogniet_-_Jean-Francois_Champollion.jpg

 

Jean-François Champollion (Figeac23 de dezembro de 1790 — Paris4 de março de 1832) foi um egiptólogo, considerado o "pai da egiptologia", famoso por seus trabalhos sobre a cultura e a língua do Egipto Antigo, em especial por ter sido o principal responsável pela decifração dos hieróglifos egípcios.

Leia mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jean-Fran%C3%A7ois_Champollion

 

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/ABRIL/15-04-2019_arquivos/image010.jpg

O enorme e majestoso templo de Carnac. Em primeiro plano a avenida das esfinges.

Foto Ismael Gobbo

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/ABRIL/15-04-2019_arquivos/image011.jpg

As imensas colunas encimadas por capitéis em estilo de papiro aberto do templo de Carnac, na antiga Tebas.

Foto Ismael Gobbo

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/ABRIL/27-04-2019_arquivos/image062.jpg

Obelisco de Luxor. Praça da Concórdia, Paris, França. Foto Ismael Gobbo.

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/ABRIL/27-04-2019_arquivos/image063.jpg

Templo de Luxor, na região da antiga Tebas, no Egito. A obra foi iniciada por Amenófis II, ampliada por Tutmés III

e concluída por Ramsés II. Era ligada ao templo de Carnac por uma avenida adornada de esfinges com cabeça de

carneiro da qual apenas um trecho é hoje visível. O obelisco que ficava à direita da porta de ingresso foi doado à França e

colocado no centro da Praça da Concórdia, em Paris, a 25 de outubro de 1836, homenageando Champollion, o grande descobridor dos hieróglifos. Fotos Ismael Gobbo

http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JULHO/16-07-2012_arquivos/image006.jpg

 Pedra de Roseta. Um  texto em três grafias diferentes. Museu Britânico, Londres. Foto Ismael Gobbo

 

 

 

LEIA SOBRE A DESCOBERTA DOS HIERÓGLIFOS:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JULHO/23-07-2012.htm

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JULHO/16-07-2012_arquivos/image008.jpg

Estátua de Champollion no pátio interno do Collége de France, Paris.

Obra executada em mármore por Frédéric Auguste Bartholdi

Imagem: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/3/32/Jean-francois_champollion_bartholdi_statue.jpg

 

Francisco Lorenz e o Esperanto

Leia aqui:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_Lorenz

Luis Lázaro Zamenhof e o Esperanto

Leia aqui:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ludwik_Lejzer_Zamenhof

 

Jornal Momento Espírita- CEAC Bauru, SP – 06/2020

Acesse no link

 

Clique aqui:

https://ceac.org.br/ultima-edicao/

 

 

 

 

1ª Live com Eulália Bueno, hoje às 15h - Grupo Espírita Paulista (USE - FEESP - Aliança Espírita)

https://mcusercontent.com/d6b29de57d5a7cec0bff0f8b6/images/42e3bf21-8cbd-4e2f-bf9c-28b6297ddadd.png

 

Assista online à 1ª Live do Grupo Espírita Paulista.

 

https://mcusercontent.com/d6b29de57d5a7cec0bff0f8b6/images/7195be93-aac0-4918-860c-af1b5508ea33.jpeg

 

O Grupo Espírita Paulista (GEP), formado pela USE SP, FEESP e Aliança Espírita estará fazendo mensalmente uma Live sobre o tema Mediunidade.

A nossa primeira Live será sobre Mediunidade no Isolamento Social com Eulália Bueno mais as participações de Roberto Watanabe, Eduardo Miyashiro, A.J. Orlando e moderação da jornalista Maria Cândida.

Assista nos canais do GEP no Youtube e Facebook.
 

CLIQUE AQUI E ASSISTA ONLINE

 

Programação do Centro de Cultura Espírita de

Caldas da Rainha, Portugal  

 

Notícias do Movimento Espírita

 

 

 

Exmºs Srs

 

As nossas mais cordiais saudações.

Junto enviamos notícia do Centro de Cultura Espírita de Caldas da Rainha que continua em labor, online, devido ao estado de calamidade decretado pelo Governo.

 

Sem outro assunto de momento

 

CCE

 

NOTÍCIA

 

O Centro de Cultura Espírita de Caldas da Rainha, mantém todas as suas actividade de índole cultural e espiritual, online, devido às restrições temporárias decretados pelo Governo Português, na sequência da COVID 19.
As actividades disponíveis são o atendimento ao público, em privado (via telefone), grupo de estudo à 4ª feira, pelas 21H00  através da plataforma Zoom e, "Conversas Espíritas", à 6ª feira, pelas 21H00, através do "Facebook" do CCE, sempre com dois convidados analisando alguma situação na óptica espírita.
Na próxima 6ª feira, 05 de Junho de 2020, as "Conversas Espíritas" interactivas com o público, terão como tema "As 4 provas da Reencarnação" e contarão além da presença do moderador (do CCE), José Lucas, os convidados Maria Luísa e Catarina Fernandes.
Para mais informações poderão consultar a nossa página na Internet em 
www.cceespirita.wordpress.com

 

Fonte: Centro de Cultura Espírita

_ _

 

António Luís

[email protected]

a[email protected]x.pt

(+351) 914 269 532

 

 

Vídeo de palestra com Fábio Villarraga

 

ACESSE:

https://www.facebook.com/elsa.rossi.1/posts/10158346091644183?from_close_friend=1

 

 

 

 

(Informação Repassada por Elsa Rossi)

 

Revista espírita semanal O Consolador

Londrina, PR

 

Acesse:

www.oconsolador.com.br

 

 

Site Espírita. Acesse nos links

Olá

Caros amigos

 

Saudações Kardequianas

 -------------------------------------------------------

 

Primeiramente o Divulgador Espírita César Perri nos traz um documento chamado “Gestão de Centros Espíritas em nossos dias” (VEJAM EM ANEXO)

Link:

http://grupochicoxavier.com.br/gestao-de-centros-espiritas-em-nossos-dias/

 

-------------------------------------------------------

 

No setor Pesquisadores Espíritas Clássicos estamos atualizando no site um dos maiores inimigos do Espiritismo com René Sudre.

 

René Sudre publicou em 1926 a sua famosa obra Introduction à la Métapsychique Humaine que atacou a hipótese espírita da mediunidade e com a tese do animismo para como os médiuns e que eram semelhante ao filósofo francês Henri Bergson

 

Em 1919, o industrial francês Jean Meyer fundou, em Paris, o famoso Institut Métapsychique International (IMI). Jean Meyer era adepto fervoroso de Allan Kardec.

 

Era um vasto laboratório de estudos das faculdades dos médiuns que servia para alicerçar os postulados do Codificador da Doutrina Espírita (Allan Kardec)

 

René Sudre colaborou com o ilustre de Dr. Gustave Geley entre os anos de 1921 e 1926, trabalhando no Institut Métapsychique International (IMI). René Sudre entrou em conflito com a orientação espírita da (IMI), pois os seus livros eram críticos da hipótese espírita sobre a mediunidade que foi realizada pelo Codificador do Espiritismo "Allan Kardec".

 

Em 1926, René Sudre foi demitido do (IMI) pelo diretor Dr. Eugéne Osty devido a sua posição "fortemente antiespirita"

 

As lições dadas por René Sudre são grandes exemplos do que ocorrem atualmente no Movimento Espírita, aonde são lançadas dezenas de obras a baceada que em nome do Espiritismo são criadas das cabeças dos médiuns (Animismo).

 

E se esquecem das grandes obras ditadas pelos imortais do além-túmulo (Mediunidade) através de médiuns alinhados a Doutrina Espírita.

 

Segue todos os materiais no LINK OU ANEXO

Link:

https://www.autoresespiritasclassicos.com/Pesquisadores%20espiritas/Rene%20Sudre/Rene%20Sudre.htm

 

PARA DIVERSÃO DO FINAL DE SEMANA

 

Revista Espírita Bezerra de Menezes (A propósito da Introdução à Metapsíquica Humana) (Audiobook Grátis)

Link

https://www.youtube.com/playlist?list=PLA4VzhN9PozgTblMm_e-tR0Rb7jMayhOk

 

Programa "Espiritismo em Foco" apresentação: Márcio Eduardo, Olga Miranda e Neuza Amélia, convidado: César Perry – SP/Capital

Link:

https://www.youtube.com/watch?v=Qpak8s-1utM&feature=youtu.be

 

Raul Teixeira fala sobre a recente publicação em massa de obras psicografadas...

Link:

https://www.youtube.com/watch?v=XslGUes5-uc&feature=emb_logo

 

Assista a "Yvonne do Amaral Pereira em 1965 - vídeo inédito de Jorge Rizzini"

Link:

https://www.youtube.com/watch?v=C3KRfYZlrKI&feature=youtu.be

 

E A LUTA SEGUE

 

WANDERLEI

 

 

Lançamento on line:

Dimensões Identitárias e Assistenciais do Espiritismo

Dia 6 de junho - 16 horas - Live no Facebook Grupo de Estudos Hermínio C. de Miranda:

https://www.facebook.com/groups/1938431936368577/?ref=br_rs

Livro com abordagens inéditas veio a lume no início de 2020: Dimensões identitárias e assistenciais do espiritismo, organizado por Pedro Simões e André Ricardo de Souza, que assinam também capítulos e contam como co-autores Célia da Graça Arribas e Hélder Boska de Moraes Sarmento. Os quatro atuam como docentes universitários nas áreas da Sociologia e do Serviço Social.

Os capítulos focalizam temas significativos com base em fundamentos acadêmicos, dados estatísticos e em análise espírita. Na parte 1 – Questões identitárias, os capítulos: O espiritismo na pluralidade cristã brasileira; Identidade espírita no Brasil e em Portugal; Feições expressivas do movimento espírita brasileiro; Uma visão sociológica de Allan Kardec. Na Parte 2 – Universo assistencial, são desenvolvidos os capítulos: Contornos e controvérsias das atividades assistenciais cristãs; Censo espírita 2017: um estudo sobre assistência social em Santa Catarina – primeiras impressões; A concepção dos espíritas sobre assistência social; Desafios do trabalho assistencial espírita: dois modelos de atuação; A economia solidária no principal livro oriundo de Chico Xavier.

DE: http://grupochicoxavier.com.br/dimensoes-identitarias-e-assistenciais-do-espiritismo/

 

 

(Recebido em email de geecx grupo chico xavier [[email protected]])

 

Casa dos Espíritas

Comunicado ao Público

 

 

 

Obs. Em respeito à sua privacidade, caso não queira receber informações sobre as nossas atividades, envie-nos um e-mail solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso e-mail: [email protected]

 

 

(Recebido em email de Casa dos Espíritas [[email protected]])

 

Informações da Sociedade Espírita de

Virginia, EUA

https://files.constantcontact.com/d99948d9101/c5147bac-4755-4953-999a-d5019f03df6b.jpg

 

Join us Online:

Kindness and Strength of Stephen 

with SSVA Team

 

Friday, May 29 at 7:00pm ET

Kardec Radio's Facebook Page

 

The Spiritism for Kids lesson will be LIVE

at the Spiritist of Society Facebook Page at 7:00pm 

Following the guidelines provided by the World Heath Organization, the Spiritist Society of Virginia's headquarters remains closed due to the COVID-19 pandemic.

 

In the meantime, we will continue to hold all our meetings online!

 

https://imgssl.constantcontact.com/letters/images/sys/S.gif

 

Join us on Facebook

 

 

https://files.constantcontact.com/d99948d9101/101d163c-2e41-4aff-a1aa-940f8b29c036.jpg

 

https://imgssl.constantcontact.com/letters/images/1101116784221/S.gif

 

https://files.constantcontact.com/d99948d9101/582c40dc-96a6-4a83-8eb8-9dcd0d0f8613.jpg

 

https://imgssl.constantcontact.com/letters/images/1101116784221/S.gif

 

General Spiritual Recommendations

 

The loving Spirit-mentors of the SSVA center reassure us of God’s omnipresence at all times. The Coronavirus is not a God-sent punishment, because God does not punish us. This is a cleansing and rebalancing moment on Earth. We are then invited to join forces with the Spiritual Governance of Earth by observing the following:

 

1. Let us rest assured that God oversees our lives. 

2. Remember Jesus at the storm in the fishermen boat. He asked us to remain faithful. 

3. This is a time to revisit our priorities in life. 

4. Stay positive always.

5. Reinforce your prayers in frequency and depth.

6. We are living a great time to cleanse the heart in reconciliation with the Self and others.

7. Remain calm and take all the needed precautions to join billions of lives on Earth in securing health.

 

May Mother Mary's recommendation be our daily affirmation,

"This shall also pass."

 

https://imgssl.constantcontact.com/letters/images/1101116784221/S.gif

 

Spiritist Society of Virginia | http://www.ssvirginia.org/

 

https://imgssl.constantcontact.com/letters/images/sys/S.gif

 

 

FEAL - RBN  - TV MUNDO MAIOR

Seu Centro Espírita 24 horas

Nesse momento de grandes desafios a Fundação Espírita André Luiz compreende a importância de manter o coração abastecido de amor e fé.

Aceitamos o desafio de ser o seu Centro Espírita 24 horas!

 

Fique em nossa companhia! 

 

Plantão do Evangelho no Lar  

De segunda a sexta-feira, às 7 horas da manhã, às 12 horas e às 18h45

Estudo do Evangelho Segundo Espiritismo propiciando um ambiente de harmonia para a superação das dificuldades do dia a dia.  


Espiritismo em Casa

De Segunda a sexta-feira, às 13 horas e às 20 horas  
Uma palestra espírita cheia de consolo para harmonizar você e seu lar

 

www.tvmundomaior.com.br

www.radioboanova.com.br

Também pelo Facebook e Youtube 

 

(Recebido em email de Erika Silveira - FEAL [[email protected]])

 

Use/SP- Orientações para quando do possível  retorno às atividades presenciais  nas casas espíritas. Acesse no link abaixo

 

Boa tarde, Ismael!

A USE SP desenvolveu e divulgou aos órgãos de unificação e às instituições unidas o documento em referência contendo orientações e recomendações para quando do possível retorno às atividades presenciais nas casas espíritas. Solicitamos que, utilizando-se do Boletim Diário de Notícias do Movimento Espírita, possamos divulgá-lo a mais pessoas interessadas. 

 

O documento pode ser encontrado no site da USE SP pelo link: 

https://usesp.org.br/wp-content/uploads/2020/05/OCE-RAtividades-DC-2.pdf.

 

Obrigado.

 

A.J.Orlando

 

 

 

Federação Espírita Brasileira esclarece

 

https://www.febnet.org.br/portal/wp-content/uploads/2020/03/COMUNICADO-FEB.png

 

Circula nos meios virtuais mensagem de alerta com recomendação frente ao cenário atual da pandemia. Atribuída equivocadamente à Federação Espírita Brasileira, junta-se a outros conteúdos que esporadicamente são divulgados e multiplicados nos canais de comunicação como sendo da Federação.

Diante disso esclarecemos:

1. Mensagens oficiais da Federação Espírita Brasileira são publicadas nos meios de informação oficiais da FEB: site, redes sociais, boletins, Reformador, contendo assinatura de membros diretores;

2. A Federação Espírita do Brasil, citada na nota que circula, é uma instituição diferente da nossa Federação Espírita Brasileira, sendo voltada à prática da Umbanda e Candomblé.

3. Neste momento em que vivenciamos a circulação de tantas informações, sendo muitas delas falsas, alertamos para a apuração necessária nos meios oficiais das notícias e mensagens que chegam, e para o máximo zelo no caso de compartilhamento destas.

4. Todo e qualquer comunicado oficial da Federação Espírita Brasileira pode ser verificado e lido nos canais abaixo:

Canais oficiais:
Site: 
www.febnet.org.br
Facebook: 
https://www.facebook.com/FEBoficial/
Instagram: @ feb_oficial
Twitter: 
https://twitter.com/feb_oficial
FEB Editora: 
www.febeditora.com.br
Reformador: 
http://www.souleitorespirita.com.br/reformador/
Doe FEB: Sócio contribuinte: 
https://doe.febnet.org.br/

 

(Copiado de https://www.febnet.org.br/portal/2020/05/26/federacao-espirita-brasileira-esclarece/)

 

 Ciclo de Palestras Virtuais

https://www.febnet.org.br/portal/wp-content/uploads/2020/05/use.jpeg

 

A USE Regional de Ribeirão Preto realizará um Ciclo de Palestras Virtuais Falando de Espiritismo, ao vivo, às 20h, pelo canal do You Tube e na página do Facebook da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo (USE-SP). Veja a seguir a programação do mês de junho e confira os palestrantes convidados.

 

(Copiado de https://www.febnet.org.br/portal/2020/05/27/ciclo-de-palestras-virtuais/)

 

Enquanto perdure a pandemia,

que cuidados a Casa Espírita deve tomar?

 Tudo em nosso país está a indicar que se encontra longe do fim a pandemia causada pelo novo coronavírus e que continuaremos por um bom tempo sem dispor de vacinas, de medicamentos eficazes e até dos tão falados testes em quantidade suficiente que nos possibilite atender ao que a Organização Mundial de Saúde tanto recomendou a todos os governantes.

Diante desse quadro, quando forem autorizadas a receber público, como as Casas Espíritas deverão proceder? Que cuidados deverão tomar?

As dúvidas vêm de todos os lados. Claro que as máscaras e o uso de álcool em gel já se terão tornado uma rotina, mas todos sabemos que isso não é suficiente. O cuidado com as aglomerações é medida que, como sabemos, tem sido reputada fundamental.

Para responder a estas questões, entrevistamos três conhecidos e respeitados estudiosos espíritas: Antonio Cesar Perri de Carvalho, palestrante, escritor, dirigente espírita, ex-presidente da USE – União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo e da Federação Espírita Brasileira; Eurípedes Kühl, médium, estudioso espírita e autor de inúmeras obras espíritas, mediúnicas e não mediúnicas; e Gebaldo José de Sousa, estudioso espírita, autor do e-book Mediunidade – Fundamental Estudar Sempre e participante, como esclarecedor, de duas equipes mediúnicas nos dois hospitais espíritas de Goiânia.

A seguir, eis o que os nossos entrevistados disseram com relação às questões que lhes foram apresentadas:


PALESTRAS PÚBLICAS

1 - Se o local das palestras públicas for grande, o distanciamento entre as pessoas não constituirá um grande problema. Como proceder, porém, quando o salão - médio ou pequeno - fica geralmente lotado?

http://www.oconsolador.com.br/ano14/672/e2.jpg

 

 

 

 

Antonio Cesar Perri - Após superarmos as fases de quarentena da

pandemia viveremos uma situação nova, que vem sendo chamada de “novo normal”. E podem surgir orientações sanitárias gerais por parte de cada Governo Estadual. Então precisaremos analisar cada situação e fazermos adequações às realidades dos diferentes centros espíritas.

Será indispensável o atendimento às recomendações das autoridades sanitárias e isso é adequado à proposta de respeito à vida, ao ser espiritual reencarnado. Os centros, de acordo com suas dimensões físicas e a equipe disponível, precisará reanalisar as ofertas de reuniões públicas, talvez com variedade de dias e de horários. Além disso, precisaremos ficar atentos às orientações da área da saúde, com relação à utilização de máscaras e, eventualmente, se evitar contatos físicos, como os fraternos abraços. Um outro aspecto, que vem sendo desenvolvido no período da quarentena, é a utilização de transmissão por internet. Talvez as reuniões públicas devam contar com as duas possibilidades: um grupo fisicamente presente e outro acompanhando à distância. O importante será disponibilizar esclarecimentos na linha do acolhimento e do consolo para os que procuram o centro espírita nessa época tão complexa. 

http://www.oconsolador.com.br/ano14/672/e3.jpg

Eurípedes Kühl - Se o local das palestras públicas for grande, o

distanciamento entre as pessoas, como sabemos, não constituirá um grande problema.

No caso de locais médios ou pequenos, sugerimos aos dirigentes limitar o número de participantes, mantido o distanciamento necessário. Havendo quórum para outra palestra, replicá-la, com o mesmo palestrante. Quanto aos presentes, que se evitem abraços ou cumprimentos de mão.

Gebaldo José de Sousa - Importante limitar o número de frequentadores por sessão pública, buscando realizar mais palestras, no mesmo dia ou em vários outros, para dar oportunidades a todos.


PASSES

2 - Como os médiuns passistas poderão atender à tarefa, em face da proximidade com o paciente, considerando ainda que numa sala de passes atuam geralmente muitos passistas?

Eurípedes – Cadeiras espaçadas entre atendidos, que deverão adentrar, um por vez; o mesmo quando terminar o atendimento. Passistas e atendidos usando máscara e, quanto ao passista, melhor se for aquela maior, da testa ao queixo. Importante relembrar e recomendar aos passistas: não tocar nos atendidos.

http://www.oconsolador.com.br/ano14/672/e4.jpg

Gebaldo - Aplicar passes coletivos, como realizado nas grandes Casas

Espíritas (FEB; Mansão do Caminho, etc.).

 

 

 

 

Perri - Os passes devem ser entendidos como doação de energias, de sentimentos e de boas vibrações. Não há necessidade do contato físico. A imposição de mãos com certa distância é mais do que suficiente. Em alguns momentos já não se aplicavam os passes coletivos? É também uma opção. O importante é que onde há salas de passes deve-se obedecer às orientações para maior distância com as pessoas atendidas, entre elas e também entre os passistas. Que se verifique também a possibilidade de adoção da orientação sanitária de utilização de máscaras.


GRUPOS DE ESTUDO

3 - As reuniões de estudo são geralmente realizadas em salas pequenas. Há Centros Espíritas em que, no dia de realização do ESDE, as turmas são numerosas e todas as salas ficam tomadas. Como atender à recomendação relativa ao distanciamento entre as pessoas?

Gebaldo - A solução é limitar o número de participantes, realizando os estudos em mais de um horário ou em vários dias da semana, para não se excluir ninguém.

Perri - Inquestionavelmente haverá necessidade de revisão dessas condições. Não podemos prever em que condições retornaremos às atividades após se superar a fase da pandemia. Poderão permanecer alguns cuidados e por um período que, no momento, não se pode aquilatar. Estamos vivendo uma época em que fomos forçados a reuniões virtuais: de estudo, de vibrações, de palestras. Provavelmente deveremos nos preparar para aperfeiçoarmos essas opções e realizarmos reuniões de estudo também com transmissão ao vivo e com interatividade. E, sem dúvida, nos adaptarmos às condições adequadas de pessoas presentes em cada sala. Tudo indica que viveremos novas realidades após se superar a fase crítica da pandemia. Com certeza ainda permanecerão muitos cuidados preventivos.

Eurípedes - Cuidar da entrada e da saída dos participantes do estudo e observar o mesmo procedimento que mencionamos com relação aos “passes”; se necessário, intercalar horários ou dias dos estudos.


SESSÕES MEDIÚNICAS

4 - Nas sessões privativas, além do ajuntamento de várias pessoas em uma pequena sala, existe uma aproximação acentuada entre os esclarecedores e os médiuns psicofônicos. Como agir?

Perri - As mesmas situações que já apontamos nas outras questões: readequação de número de pessoas presentes na(s) sala(s); provavelmente permanecerá a recomendação de uso de máscara e isso será uma dificuldade ou nova necessidade de adaptações, mas há tipos de máscaras que não dificultam a movimentação da boca; manter-se distância entre os médiuns e entre estes e os esclarecedores. Se houver necessidade de aplicação de passe, são as mesmas condições que expusemos acima, imposição de mãos e com distanciamento.

Eurípedes - Tratando-se de sala pequena, a reunião mediúnica só será possível se houver espaçamento entre os participantes, além das recomendações gerais de higiene. O grupo mediúnico não deverá ser menor do que seis participantes, nem maior que quatorze. Doutrinadores e médiuns psicofônicos devem usar máscara, se possível aquela transparente, de proteção da testa ao queixo.

Gebaldo - Sugerimos que as sessões sejam realizadas em salas maiores. Se necessário, utilizar o mesmo local que é destinado às reuniões públicas, distribuindo os médiuns pelo salão, com a distância de pelo menos dois metros uns dos outros. Esclarecer as Entidades comunicantes com o distanciamento adequado. Aplicar passes coletivos, ao final.


EVANGELIZAÇÃO INFANTIL

5 - A dificuldade apontada no tocante aos grupos de estudo aparece também nas salas de evangelização infantil, que ficam repletas de crianças. Qual a solução?

Eurípedes - Não há outro jeito: pensamos que é necessário dividir o grupo de crianças, para que o distanciamento seja mantido, adotando-se no caso as recomendações gerais a que já nos referimos.

Gebaldo - Limitar o número de participantes, procurando realizar a evangelização em mais de um horário ou em vários dias da semana, para dar oportunidades a todas elas.

Perri - Trata-se de questão delicada, pois as autoridades médicas têm alertado para o fato de que muitas vezes as crianças são portadoras assintomáticas do vírus, mas são transmissoras. Além das questões dos espaços e distanciamentos já registrados, deve-se pensar na possibilidade de os evangelizadores serem selecionados entre pessoas que não estejam no chamado “grupo de risco”. Talvez deva ser levado a sério o detalhe legal: os pais são responsáveis pelos filhos. Nas escolas formais isso já é realidade. Em alguns países, além das escolas formais, os pais assinam documento para permitir que os filhos assistam ao ensino religioso nas diferentes agremiações. Deve existir um diálogo entre dirigentes de centros, evangelizadores e pais das crianças.


ASSISTÊNCIA SOCIAL

6 - Além da distribuição de gêneros alimentícios, em muitas Casas Espíritas a assistência prestada às famílias carentes inclui também o fornecimento de lanche, café, sucos ou algo semelhante, tal como ocorre geralmente numa lanchonete. Como proceder?

Gebaldo - Usar embalagens, para que o consumo seja feito nos lares das pessoas assistidas. Eventualmente, abolir o café ou os sucos, caso não seja possível fornecê-los em recipientes próprios.

Eurípedes - Nesse caso, como as famílias já devem estar cadastradas, o atendimento deve ser feito a determinado número de pessoas, em horários ou dias agendados. Em todos os casos, observar as recomendações gerais.

Perri - Creio que devam ser obedecidos os requisitos sanitários semelhantes aos mais recentemente exigidos para lanchonetes e bares. Ou seja, na assistência em instituições espíritas onde são oferecidos lanches e refeições, devem ser adotados os mesmos cuidados de prevenção: os colaboradores, com máscara e em algumas situações com luvas, distanciamento entre os assistidos e destes com os colaboradores, higienização específica de mesas entre cada atendimento, higienização rigorosa com talheres e pratos utilizados nos lanches e refeições, higienização rigorosa nos ambientes da cozinha e dos banheiros disponibilizados para os atendidos. E neste caso utilizando-se produtos de limpeza recomendados por equipes sanitárias.


OBSERVAÇÃO

No Estado do Paraná, a Secretaria da Saúde publicou no dia 21 de maio uma resolução que estabelece as condições necessárias para que as entidades religiosas voltem a receber público. Segundo a resolução, as entidades religiosas precisam seguir um protocolo com 34 artigos.

Entre as medidas a serem observadas, as entidades religiosas precisam respeitar as orientações para preservação do afastamento físico entre as pessoas e o espaço destinado ao público deve ter a ocupação máxima limitada a 30%, observando-se o afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Quanto às pessoas de idade acima de 60 anos e as que integram o grupo de risco - hipertensos, diabéticos, gestantes e outros – a recomendação das autoridades é que elas devam permanecer em casa, acompanhando as celebrações por meios eletrônicos.
Para mais informações sobre o assunto, 
clique aqui

 


Nota da Redação
:

A USE (União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo) divulgou no dia 27 de maio o texto Orientação aos Centros Espíritas. Retorno às Atividades Presenciais, elaborado após o governo do Estado de São Paulo baixar normas relativas à flexibilização da quarentena decorrente da pandemia do novo coronavírus.

O retorno às atividades presenciais não é incentivado no documento emitido pela USE, o qual contém informações e diretrizes para auxiliar os dirigentes na tomada de decisões para quando isso for permitido e considerado possível. Eis o link: https://bityli.com/S1njz

 

 

Revista digital O Consolador - Ano 14 - N° 672 - 31 de Maio de 2020

Acesse:

http://www.oconsolador.com.br/ano14/672/especial2.html

 

(Recebido em email de geecx grupo chico xavier [[email protected]])

 

Nossa consciência

 

Quando os noticiários tratam de acidentes com aeronaves, é comum ouvirmos falar da caixa preta que, apesar da destruição do avião, é preservada, conservando os registros do voo.

Fazendo um paralelo, podemos dizer que nossa consciência é a caixa preta, na qual ficam registrados nossos pensamentos e atos, sem que a morte logre apagar uma vírgula, sequer, de tudo quanto fizemos.

Assim, aqueles que não conseguimos conceber o mecanismo do qual se servem as leis divinas para contabilizar os equívocos e acertos cometidos, podemos imaginar, por analogia, de que forma isso acontece.

Se os homens, criados por Deus, têm meios de construir um compartimento numa aeronave, capaz de registrar as ocorrências para posterior análise, por que Deus, a Inteligência Suprema do Universo, não teria melhores condições de preservar, em nossa consciência, os registros necessários?

Aqueles que pensamos que a morte do corpo físico apagará nossos feitos, estamos equivocados.

Se assim não fosse, como entender o dizer de Jesus: A cada um será dado segundo suas obras?

Mas como é que responderemos perante as leis, se não as conhecemos?

As leis divinas estão inscritas na nossa consciência, dessa forma, não podemos alegar ignorância.

A afirmativa evangélica de que todos os pecados serão perdoados, exceto os que forem cometidos contra o Espírito, fala dessa realidade.

Os pecados contra o Espírito são as infrações cometidas contra a consciência, isto é, os equívocos conscientes.

Podemos afirmar que muitas das atitudes equivocadas, não têm o aval da nossa consciência, pois sabemos que estamos agindo mal.

Essa voz interior, que nos vem à mente quando planejamos uma ação má, é a voz da consciência a nos advertir para que não a concretizemos. O que ocorre, na maioria das vezes, é que não lhe damos ouvidos.

Se mesmo na justiça humana há distinção entre o crime doloso e o culposo, não poderia ser diferente quanto à Justiça Divina, que julga sempre pela intenção, e nunca pelas aparências.

Não é outro o motivo pelo qual Jesus assevera que mais será cobrado de quem mais tiver. Quem mais sabe, mais responsável é pelos seus atos.

Assim, é importante que consultemos periodicamente os registros da nossa caixa preta, para que na hora da averiguação do conteúdo não nos decepcionemos conosco mesmos.

Não tenhamos dúvidas: todos teremos nosso momento de prestação de contas à Divindade através da nossa consciência.

*   *   *

As leis divinas são de justiça e amor.

Essas leis não querem a morte do equivocado, mas a eliminação do equívoco.

São leis de misericórdia, pois nos permitem oportunidades sempre renovadas para o aprendizado das lições da vida, embora as circunstâncias não sejam as mesmas, principalmente para os teimosos que não querem aproveitá-las devidamente.

Por essa razão, não devemos adiar a hora de fazer o bem na medida das nossas forças, para que nos libertemos, de vez por todas, dos grilhões que nos mantêm presos ao sofrimento e alcemos voos mais altos, na direção da felicidade que nos acena.

 Redação do Momento Espírita.
Em 1º.6.2020.

 

 

 

 

(Copiado do site Feparana)

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/FEVEREIRO/22-02-2019_arquivos/image013.jpg

O bom conselho. Autor: J.B. Madou.

l'illustration Européenne 1871 no.39 página 305

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Le_bon_conseil.jpg

O bom samaritano. Óleo sobre tela de Maximilien Luce.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Maximilien_Luce

 

Em absoluto respeito à sua privacidade, caso não mais queira receber este boletim de notícias do movimento espírita, envie-nos um email solicitando a exclusão do seu endereço eletrônico de nossa lista. Nosso endereço: [email protected]